Mensagem às mães, pais e estudantes da rede estadual de ensino


Nós, professores(as) e funcionários(as) de escola do Rio Grande do Sul, pedimos a sua atenção: dentro de poucos dias estaremos em greve em todo o estado.

Sabemos das dificuldades e das consequências de uma greve para a organização familiar, mas esperamos contar com a compreensão e apoio de cada pai, cada mãe e cada aluno.

O governador Eduardo Leite não nos deixa alternativas.

Além de continuar a política de atrasos e congelamento salariais, o Estado ameaça acabar com o pouco que nos resta, atacando nossos direitos, nossas carreiras e nossos sonhos.

O governo fala em crise. Mas já estamos pagando, junto com você, por esta crise há anos. Trabalhamos e educamos com amor, mas amor não paga as contas.

Os impostos que todos nós sustentamos aumentaram. Os gaúchos sobrevivem com alguns dos custos mais elevados do país na gasolina, no gás, na água e na alimentação.

Enquanto isso, bancos têm lucros recordes, empresas deixam de pagar bilhões em impostos e os privilégios dos altos salários continuam intocados.

Por trás deste projeto está a intenção de acabar com a escola pública e os sonhos de milhões de gaúchos.

Querem privatizar o ensino e cobrar das famílias a conta do acesso à educação. Não vamos deixar que isso aconteça.

Mas precisamos da sua ajuda e da sua mão amiga.

Lutaremos hoje pelos nossos e pelos seus direitos. Pelo futuro da sua e das nossas famílias.

Amanhã, vamos celebrar juntos a vitória e recuperar todas as aulas que forem necessárias.

Temos compromisso e responsabilidade com a educação. Jamais deixamos de cumprir nossas obrigações. Você pode contar conosco. Queremos contar contigo.

Se é guerra que Eduardo Leite quer, é greve que ele vai ter.

Quer receber notícias do CPERS via whatasapp? Clique aqui!

Leia mais:

– Assine a carta das educadoras aposentadas contra os projetos de Eduardo Leite
– Série de vídeos detalha os ataques do pacote desumano de Eduardo Leite
– Como o pacote de Leite afeta funcionários de escola, professores e aposentados
– Eduardo Leite quer destruir a carreira e economizar às custas dos educadores
– Nota técnica da assessoria jurídica do CPERS 
– Eduardo Leite quer que os professores paguem o próprio piso
– Direções escolares se mobilizam contra ataques de Eduardo Leite
– Educadoras aposentadas assinam carta contra os projetos de Eduardo Leite

Notícias relacionadas