Entidades de especialistas da educação apontam para a luta em defesa da escola pública e contra a PEC 32


Reunidos entre os dias 18 e 19 de maio, o CPERS e demais sindicatos e associações que integram o XXIX Fórum Nacional das Entidades Representativas dos Especialistas de Educação (FESED) elaboraram uma carta que reafirma e articula a luta incondicional em defesa da escola pública e contra a Reforma Administrativa (PEC 32).

O documento também destaca a importância da imunização de todos os brasileiros, do combate ao negacionismo, da defesa de políticas públicas de acesso e permanência à garantia do direito à educação, da revogação da Lei Complementar 156/16, que aumenta o superávit primário e coloca em risco a qualidade dos serviços públicos, e da Emenda Constitucional 95/2016, que limita por até 20 anos os gastos públicos.

As entidades articulam-se ainda na defesa da recuperação salarial dos profissionais da educação e formação continuada, contra as privatizações e terceirizações do ensino, além de participação ativa das discussões sobre o novo Fundeb, defendendo a permanência e o aumento da complementação da União para 40%.

Confira a carta com todas as deliberações do XXIX FESED

CCF_000356

Leia também:

>> Pressione a Comissão Especial da Câmara contra a PEC 32! Não deixe seu direito virar mercadoria

>> Metade do funcionalismo público do país ganha menos de R$ 3 mil, revela estudo

>> Saiba como a Reforma Administrativa ataca funcionários e professores, na ativa e aposentados

>> Setores reacionários do Congresso Nacional fazem dobradinha com Governo Bolsonaro para impor mais arrocho ao país

Notícias relacionadas