Vidas negras importam; justiça para João Alberto!


Mais um corpo negro foi vítima da violência racista.

Um homem negro foi morto a socos e asfixiado com um joelho nas costas por seguranças do Carrefour nesta quinta-feira (19), véspera do Dia da Consciência Negra.

As imagens chocam e dão visibilidade à brutalidade sistemática e estrutural cometida diariamente contra corpos e vidas negras.

É urgente interrompermos este ciclo.

Neste dia de luto e de luta, exigimos justiça e punição exemplar aos envolvidos e seus empregadores.

Urge, também, que o Estado assuma sua responsabilidade e revise os protocolos de treinamento e abordagem policial à população negra.

A morte de João Alberto Silveira Freitas não será naturalizada.

O CPERS, por meio do Coletivo de Igualdade Racial e Combate ao Racismo, manifesta profundo repúdio ao ocorrido e se solidariza com a esposa, familiares e amigos da vítima.

Vidas negras importam. João Alberto presente!

Notícias relacionadas