Unidos pela solidariedade: CPERS e CUT-RS entregam doações em Lajeado, Roca Sales e Encantado


O CPERS, a Central Única dos Trabalhadores (CUT-RS) e demais entidades filiadas começaram, na tarde desta quarta-feira (25), a distribuição de utensílios adquiridos com as doações recebidas na campanha de solidariedade para ajudar as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul.

Famílias do Vale do Taquari, uma das regiões mais atingidas, receberam 68 jogos de panelas, 70 jogos de talheres, 65 kits de louça, 21 fogões, 22 micro-ondas, 27 camas e 27 jogos de lençóis.

A campanha emergencial de solidariedade da CUT-RS já arrecadou cerca de R$ 170,5 mil para auxiliar aqueles que perderam suas moradias ou sofreram perdas materiais após a passagem de mais um ciclone extratropical no início de setembro, que deixou 51 mortos e centenas de feridos, especialmente nos municípios de Muçum, Roca Sales e Encantado.

“Conseguimos ajudar mais de 500 famílias em cidades do Vale do Taquari afetadas pelas enchentes. Foi um momento marcado por grande sensibilidade, onde houve uma troca calorosa e afetuosa entre aqueles que se beneficiaram dessa iniciativa e os sindicalistas envolvidos. Estamos prestando contas à sociedade, mostrando que a solidariedade e a ação coletiva podem fazer a diferença em tempos difíceis”, enfatizou o presidente da CUT-RS, Amarildo Cenci.

Para a presidente do CPERS, Helenir Aguiar Schürer, a unidade na luta é fundamental para amenizar a tristeza e as perdas causadas por essa tragédia.

“Foi muito gratificante ver que conseguimos aliviar um pouco o sofrimento e constatar como é fundamental continuar ajudando. A solidariedade entre os sindicatos cutistas destaca a importância da união dos trabalhadores em nosso estado. Juntos somos mais fortes, e essa força é essencial para superar desafios e construir um futuro melhor”, destacou Helenir.

Neste momento desafiador, nossa união é mais vital do que nunca. O CPERS e a CUT-RS buscam não apenas aliviar o sofrimento imediato, mas também transmitir a mensagem de que, juntos, somos capazes de superar as adversidades.

Continuaremos firmes na missão de auxiliar centenas de famílias, pois é na solidariedade que encontramos a força para construir um futuro digno para todos(as). Ninguém solta a mão de ninguém!

Fotos: Matheus Piccini / CUT-RS

      

Notícias relacionadas