Direito à educação é tema de Aula Cidadã em escola de Caxias do Sul


O Direito à Educação foi tema da Aula Cidadã realizada na Olga Maria Kayser, em Caxias do Sul, nessa quinta-feira(25).

A iniciativa contou com a participação de professores(as), funcionários(as), estudantes do Ensino Médio, comunidade escolar, da vice-diretora do 1º Núcleo do CPERS, Ana Paula Santos , e de Neura Gandolfi e Alessandra Lazzari, também da direção do Núcleo. A realização integra as ações propostas pela Confederação Nacional dos Trabalhadores(as) em Educação (CNTE) para a 20ª Semana Nacional em Defesa e Promoção da Educação Pública.

A iniciativa oportunizou a reflexão sobre os problemas enfrentados pela escola desde o início do ano letivo como a falta de professores(as) e funcionários(as) em diversos setores, as precárias condições de trabalho e a falta de recursos para manter e melhorar a estrutura escolar.

No início de abril, o CPERS denunciou que pelo menos 54 escolas da região de abrangência do 1º Núcleo estavam com turmas prejudicadas e atendimento precarizado pela falta de professores(as) e funcionários(as).

Foi destacado que a precária estrutura e as péssimas condições de trabalho dos(as) educadores(as) é um problema latente que tem se agravado com o descaso dos atuais governos, federal e estadual, visto que estão retirando direitos constitucionais e aprovaram a o congelamento dos investimentos em educação por 20 anos. Ao não investir, nega-se o direito à educação, garantido por lei.

“Essa situação não é descaso, é projeto dos atuais governos, que querem que cada pessoa seja responsável por garantir seus direitos individualmente, ou seja, pague pelos serviços da educação. Querem isso também para a saúde, a previdência social e a segurança. Não consideram as desigualdades sociais e culturais. Como um trabalhador que não tem salário fixo garantirá todos os seus direitos básicos? Gerará muita exclusão. Não é essa a sociedade que queremos”, afirmou a vice-diretora da escola, Alessandra Lazzari.

Na ocasião, também foram expostas as plenárias realizadas pelo Sindicato em todo o Estado para informar sobre os riscos que a Reforma da Previdência representa a todos os(as) trabalhadores(as).

A Aula Cidadã encerrou com uma caminhada em torno da instituição. Portando faixas e cartazes, estudantes e educadores(as) denunciaram a realidade e a precariedade das escolas públicas e exigiram o direito de todos à uma educação pública de qualidade.

 

Notícias relacionadas