Usuários do IPE Saúde terão custos de anestesia incluídos em procedimentos no Instituto de Cardiologia


Os usuários do IPE Saúde passarão a contar com cobertura estendida para procedimentos realizados no Instituto de Cardiologia, em Porto Alegre.

O termo, assinado na última quarta-feira (6), no gabinete do governador, pelo presidente do IPE Saúde, Marcus Vinícius Vieira de Almeida, e pelo diretor-presidente do Instituto de Cardiologia, Marne de Freitas Gomes, contempla serviços de regime ambulatorial e internação nas especialidades de cardiologia a partir de fevereiro.

O documento garante a remuneração pelos serviços de internação, exames, materiais e anestesiologista, de modo que pacientes do IPE Saúde ficam isentos de custos adicionais nos atendimentos listados no Instituto de Cardiologia.

Nesta primeira fase, são contemplados dez procedimentos: oito referentes a angioplastia e dois relativos a implantes de marca-passo.

A nova dinâmica de atendimento é designada tecnicamente como “procedimento gerenciado”, mas é conhecida de maneira informal no setor de saúde como “pacotes de serviços”.

No setor privado, a modalidade já é uma prática adotada por diferentes planos suplementares há anos. No caso do IPE Saúde, também existia um mecanismo semelhante junto a algumas instituições credenciadas, mas que não abrangia a totalidade da cobertura dos custos aos pacientes.

A autarquia passa agora a introduzir nas suas rotinas algo que é validado e recomendado como novas práticas de gestão. Assim, como resultado, busca-se afiançar previsibilidade e planejamento aos gastos, bem como um maior controle e qualidade na auditoria das contas de saúde.

Informações: Ipe Saúde

Notícias relacionadas