Servidores Públicos definem calendário de ações unificadas


No fim da tarde desta quinta-feira (7), entidades representativas dos servidores(as) públicos das três esferas, reuniram-se para traçar os próximos passos da luta das categorias.

Em pauta, mobilização contra o reajuste vergonhoso – menor que a inflação – de 6% proposto pelo ex-governador Eduardo Leite (PSDB) e exigir, no mínimo, o índice de 10,06% aos servidores(as), além de avançar na discussão do Salário Mínimo Regional e na defesa intransigente do IPE Saúde de qualidade para todos(as).

“Precisamos mobilizar com muita força, unindo as centrais sindicais em defesa da valorização salarial, prosseguir na discussão do Salário Mínimo Regional e na defesa do IPE Saúde. Na nossa categoria, temos 12 mil funcionários que recebem abaixo do salário mínimo regional; a luta por salário digno é fundamental. Temos que fazer a pressão em cima da Assembleia”, destacou a presidente do CPERS, Helenir Aguiar Schürer.

Entre as propostas aprovadas está a pressão nos deputados(as) para alteração do índice de reajuste e um grande ato unificado em defesa da valorização salarial. Em breve será divulgado um calendário das ações.

Entidades presentes:

ABOJERIS
AFAGRO
AFOCEFE
ANDES/UFRGS
APROJUS
ASJ
CEAPE/UG
CPERS
CTB
CUT/RS
FESSERGS
FÓRUM EM DEFESA DO IPE SAÚDE
MPRS
SIMPE/RS
SINDICAIXA
SINDISERF/RS
SINDISSAMA
SINDJUS/RS
SINDSEPE/RS
SINTERGS
SINTRAJUFE

Notícias relacionadas