Opção zero, do Disque 100, auxilia na localização de crianças desaparecidas no estado


Em meio à quantidade descomunal de água que atingiu 428 dos 497 municípios do Rio Grande do Sul, diversos familiares e responsáveis se perderam de crianças que estavam sob seus cuidados. Diante de informações descentralizadas e dispersas a respeito dos abrigados no estado, o reencontro de pessoas que viviam juntas tem sido ainda mais difícil. 

Por isso, o Disque 100 abriu um canal para facilitar a localização de crianças desaparecidas ou desacompanhadas. Após discar 100, é preciso selecionar a opção “zero”, que trata sobre desaparecidos em razão das enchentes. 

Ao clicar na opção zero, outros cinco ramais serão enunciados:

1 – para deixar informações sobre menores de idade desaparecidos ou desacompanhados de seus responsáveis;

2 – para fazer um relato sobre o desaparecimento de qualquer pessoa;

3 – para pedir resgate imediato ou apresentar informações para resgate de pessoas conhecidas;

4 – para pedir ajuda aos municípios atingidos;

5 – para se voluntariar ou oferecer doações.

Nesse contexto, inúmeras(os) gaúchas(os) perderam seus documentos e estão sem identificação oficial. Segundo o Ministério da Cidadania e do Direitos Humanos, chefiado por Silvio Almeida, o órgão tem apurado quem perdeu seus registros civis para agilizar a emissão de segundas vias. 

>> Não deixe de acionar os canais oficiais do governo para buscar ajuda!

 

Fonte: Agência Brasil

Foto: Isabelle Rieger

Notícias relacionadas