Movimentos sociais de 11 países realizam Fórum Latinoamericano em Porto Alegre


O coletivo argentino La Poderosa, que hoje está organizado em mais de 90 vilas e favelas de 11 países da região, promove  entre esta sexta-feira (27) e domingo (29), na Casa do Gaúcho, em Porto Alegre, o 2º Fórum Latinoamericano. A Capital sediará debates sobre direitos humanos, economia popular, educação, feminismo, direito à terra, cultura, comunicação popular e alternativa.

De acordo com a organização do movimento, mas de 2 mil pessoas partiram de suas cidades com destino a Porto Alegre onde, na sexta-feira (27), às 16h30, será realizada uma marcha pelo centro da cidade. A data marca o dia em que Marielle Franco, vereadora do PSOL assassinada no Rio de Janeiro, completaria 39 anos.

Dentro da programação também está o Campeonato de Futebol “Resistidores de América”, o primeiro realizado entre jovens da região.

Norita Cortiñas, do grupo Mães da Praça de Maio, Adolfo Pérez Esquivel, Prêmio Nobel da Paz, Lilian Celiberti, coordenadora do Centro de Comunicacão Virginia Wolf, Luciano Concheiro Bórquez, especialista em economia política e rural, Petronilha Gonçalves e Silva, liderança feminista do movimento negro brasileiro, Sérgio Maldonado, irmão de Santiago, ativista político argentino cujo corpo foi encontrado no fim de 2017 após 78 dias desaparecido, e Álvaro García Linera, vice-presidente de Bolívia, estão entre os nomes que participam do fórum em Porto Alegre

A primeira edição do evento aconteceu no ano passado, em Havana, Cuba.

Fonte: Sul21

Notícias relacionadas