CPERS REPUDIA INFORMAÇÕES VEICULADAS NO JORNAL DO ALMOÇO DE HOJE


O CPERS repudia a declaração difamatória e irresponsável do jornalista do Grupo RBS, que no programa Jornal do Almoço, desta sexta-feira, dia 09, colocou em dúvida a recuperação dos dias letivos pelos professores e convocou os pais à fiscalizarem a recuperação.
O Sindicato esclarece que a possibilidade de não recuperação, não existe e que logo após a definição do término da greve, na Assembleia Geral desta quinta-feira, dia 07, orientou seus 42 Núcleos para que
a partir da Gestão Democrática, iniciem a organização do calendário de recuperação dos dias letivos e das horas aulas, os quais devem ser aprovados pelos Conselhos Escolares e encaminhados às Coordenadorias Regionais de Educação – CREs. Lembramos que os Conselhos Escolares são compostos por pais, professores, funcionários de escola e alunos.
Historicamente, os professores sempre recuperaram de forma responsável os dias letivos, após as greves.
O Sindicato orienta que o Grupo RBS e seus jornalistas cobrem com a mesma veemência, do governo Sartori (PMDB), a falta de professores em muitas disciplinas, nas escolas pelo Estado, desde o início do ano, fato esse que não observamos e muito menos com a grande e seletiva preocupação dos alunos ficarem sem aula APENAS NO PERÍODO DE GREVE.
O CPERS/Sindicato exige respeito com os educadores, que lutaram por seus direitos e pela educação pública como verdadeiros guerreiros nesses 54 dias de greve.
A greve se fez necessária para a defesa dos direitos dos professores e funcionários de escola, que a cada dia são atacados e desrespeitados pelo governo Sartori.

Notícias relacionadas