Caravana do CPERS retoma a estrada para denunciar o descaso com as escolas públicas


Nessa quinta-feira (3), o CPERS deu continuidade à #CaravanaDaVerdade na região metropolitana. Representantes da direção central e dos núcleos do Sindicato passaram por escolas e rádios de Taquara, Três Coroas, Parobé, Igrejinha, Cachoeirinha, Gravataí, Viamão, Alvorada e Porto Alegre.

Ao todo, 29 instituições foram visitadas para denunciar as mentiras de Eduardo Leite (PSDB) e o seu descaso com a educação pública.

A presidente do CPERS, Helenir Aguiar Schürer, ressalta que a caravana tem o objetivo de esclarecer, mas também de mobilizar a categoria para as lutas nesse ano tão importante.

“Estamos percorrendo todo o estado para debater e mobilizar a categoria para a grande Assembleia Geral que teremos ao final da caravana. Vamos prestar esclarecimentos e reafirmar o nosso compromisso com a escola pública de qualidade. Também denunciaremos a falta de estrutura ainda existente nas escolas, apesar do marketing do governador que diz ter aumentado as verbas, seguimos constatando diversas instituições ainda com muitos problemas”.

Em visita às escolas de Taquara, o 1° vice-presidente do CPERS, Alex Saratt, acompanhado da diretora do 32° Núcleo, Simone Goldschmidt, destaca que a desvalorização salarial da categoria tem resultados concretos na vida dos(as) educadores(as).

“Estamos há quase oito anos sem reposição salarial. Quem sobrevive com o mísero salário de 20h de carga horária pago pelo do estado? A inflação está alta e a estiagem castigando. Temos escolas em situação precária, com muro caindo, fiação elétrica comprometida e esgoto a céu aberto. Nosso sindicato tem gente, tem força. Precisamos acreditar nisso”.

Descaso e morosidade atrapalham início do ano letivo em Porto Alegre

Aulas no escuro e salas de aula interditadas, assim como em diversas outras escolas já denunciadas pela caravana do CPERS, essa é a realidade da EEEF Brasília, de Porto Alegre.

O diretor da instituição, Ney Colombo, que assumiu a direção há 15 dias, está tentando reorganizar o local para receber os alunos, mas encontra dificuldades diante de tantas adversidades. “A nossa escola está com problemas na rede elétrica e na iluminação, que precisa ser readequada. Também temos algumas salas interditadas, como a sala de vídeo, áudio e o auditório, que também precisa de reforma.”

Mesmo com essa realidade, a escola de ensino fundamental retomou as aulas presenciais e o diretor busca alternativas para receber os alunos(as).

Escola que atende alunos especiais sofre com o descaso do governo Leite

Na Escola Normal 1° de Maio, faltam três funcionários(as) de limpeza. Atualmente a instituição conta com apenas um profissional para cumprir as tarefas do dia a dia. “A Seduc fala que está em processo de escolha da empresa terceirizada para suprir a nossa demanda, mas não temos como aguardar por muito tempo”, afirma o diretor Daniel Kruse.

Na instituição também faltam monitores para atender os dez alunos especiais matriculados. “Vi pais quase chorando perguntando se a escola continuará atendendo os seus filhos. Eu disse: claro, vamos dar um jeito. Mas as professoras não estão dando conta de cuidar dos alunos com necessidades especiais e dar aula aos demais ao mesmo tempo”, destaca Kruse.

Nesta sexta-feira (4), a #CaravanaDaVerdade desembarca nos núcleos de Porto Alegre (39° Núcleo – Zona Sul), Guaíba (34° Núcleo) e Osório (13° Núcleo).

Até o fim de março, o Sindicato estará na estrada mobilizando a categoria e desmascarando as mentiras do governador.  Clique aqui para conferir o roteiro completo e acompanhe as nossas redes para mais informações!

Escolas visitadas em Taquara:

EEEM Prof Hermínia Gaewersen Marques (Taquara)
EEEM Dirceu Marilio Martins (Taquara)
EEEM Rodolfo Von Lhering (Taquara)
EEEF 27 de Maio (Taquara)
Colégio Estadual 12 de Maio (Três Coroas)
Colégio Augusto Roennau (Três Coroas)
EEEM Adelina da Cunha (Parobé)
EEEF Nilo Carlito Koetz (Parobé)
EEEM José Augusto Henemann (Parobé)
EEEM Engenheiro Parobé (Parobé)
Colégio Estadual João Mosmann (Parobé)
EEEM Berthalina Kirsch (Igrejinha)
EEEF Promorar (Igrejinha)
EEEF Figueiras (Igrejinha)
IEE Olívia Lahn Hirt (Igrejinha)

Escolas visitadas em Gravataí:
EEEM Osvaldo Camargo (Cachoeirinha)
EEEM José Maurício (Gravataí)
EEEM Governador Walter Jobim (Viamão)
EEEM Senador Salgado Filho (Alvorada)

Escolas visitadas em Porto Alegre (38º): 
EEEM Itália (Porto Alegre)
Colégio Estadual Japão (Porto Alegre)
EEEB Fernando Gomes (Porto Alegre)
Escola Normal 1° de Maio (Porto Alegre)
EEEF Gen. Daltro Filho (Porto Alegre)
Colégio Estadual Marechal Floriano Peixoto (Porto Alegre)
ETE Irmão Pedro (Porto Alegre)
Escola Técnica Estadual Senador Ernesto Dornelles (Porto Alegre)
EEEF Brasilia (Porto Alegre)
EEE Recanto Da Alegria (Porto Alegre)

Notícias relacionadas