Boletim de Greve – 22 de março


dentro

Golpista Temer recua e retira da Reforma da Previdência os servidores estaduais e municipais. A medida, anunciada na noite desta terça-feira (21), é resultado da força das manifestações contrárias a Reforma da Previdência (PEC 287) realizadas pelo funcionalismo, principalmente educadores e servidores da segurança pública, em todo o país. O CPERS, desde que o governo golpista de Temer anunciou a PEC 287, realizou intensas manifestações em todo o Estado, pressionou os deputados pelo voto contrário e decretou a greve da categoria juntamente com a Greve Nacional chamada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE.
Sem dúvida, uma grande vitória para todos os educadores, este recuo do governo Temer. Porém, tem algo escondido, um artifício com o objetivo de dividir e desmobilizar os trabalhadores. É preciso estar atento. A luta não para por aqui.

Veja algumas das mobilizações da greve pelo Estado: 
Núcleo 6º – Rio Grande: Na noite desta terça-feira (21), centenas de educadores e educadoras estaduais e municipais, estudantes e cidadãos de Rio Grande realizaram a Passeata Luminosa contra a Reforma da Previdência. A caminhada saiu do Largo Dr. Pio e seguiu pelas principais ruas da cidade. A atividade foi organizada pelo 6º Núcleo do CPERS (Rio Grande) e Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Município de Rio Grande (Sinterg). Os educadores (as) estaduais e municipais estão em greve desde o dia 15 de março, na Greve Geral Nacional da Educação organizada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE).

36d4568b-5f1c-4ef1-95b6-cc304fc2d103 e5dab33e-eab3-4abd-839c-a5d65107421d

Núcleo 24º Pelotas: Seguindo a orientação do Comando de Greve do CPERS, na manhã desta quarta-feira (22), os educadores de Pelotas e Canguçu realizaram escracho em frente à casa do deputado estadual Pedro Pereira (PSDB), localizada na cidade de Canguçu, e Catarina Paladini (PSB), no centro de Pelotas. Professores (as) e funcionários (as) de escola cobraram o voto contrário dos parlamentares ao Pacote de Maldades do governo Sartori, que visa a retirada de direitos dos servidores e deve retornar à Assembleia a qualquer momento.

 unnamed-1 unnamed

Núcleo 31 º Ijuí: Os educadores de Ijuí participaram de Plenária sobre a Reforma do Ensino Médio com professor e Dr. Sidinei Pithan. O encontro ocorreu nesta quarta-feira (22), às 14h, no Sindicato dos Comerciários da cidade. Em Panambi, às 8h30, professores e funcionários de escola realizaram panfletagem no centro da cidade, denunciando a Reforma da Previdência e o Pacote de Maldades do governo Sartori.

unnamed

Núcleos 38º e 39º: Os educadores realizaram panfletagem na Esquina Democrática em Porto Alegre. O material entregue à população na atividade foi referente as consequências da Reforma da Previdência e os ataques aos direitos dos trabalhadores e das trabalhadoras.

38

Núcleo 39º – Porto Alegre: Professores e estudantes realizaram Aula Pública sobre a Reforma da Previdência e a Reforma do Ensino Médio, no Colégio Júlio de Castilhos, em Porto Alegre, na tarde desta  quarta-feira (22).  A atividade foi organizada pelo coletivo de grevistas do Colégio Julinho, com o apoio do Grêmio Estudantil.

17458330_1264655920254309_2054307680044686237_n17342852_1264655690254332_7389653848548251749_n

Núcleo 39º – Porto Alegre: Nesta terça-feira (21) educadores do Colégio Emílio Massot, em Porto Alegre, manifestaram-se contra a terceirização e o fim do direito de greve dos servidores públicos, que seriam votados no mesmo dia na Câmara e no Senado.

emilio-massot-01 emilio-massot

Atenção diretores de Núcleos: Solicitamos que enviem suas atividades diárias da greve para o e-mail [email protected], para divulgarmos em nosso Boletim de Greve.

Notícias relacionadas