Atenção educadores: façam um BO para denunciar a tortura psicológica que estão sofrendo com o parcelamento dos salários


Diante do desrespeito do governador José Ivo Sartori (PMDB) em parcelar os salários dos educadores pelo nono mês consecutivo, o CPERS orienta que os professores e funcionários de escola façam  um Boletim de Ocorrência (BO)  na delegacia de sua região. Denunciando que tal ação do governo Sartori não permite aos educadores  irem à escola, por falta de recursos,  impede de honrar as contas e prover a subsistência da família. “Vamos denunciar a tortura psicológica que estamos sofrendo, pois além do parcelamento dos nossos salários, ainda somos pagos  à conta gotas, sem nem ao menos nos informar datas e valores”, afirma a presidente do CPERS, Helenir Aguiar Schürer, ressaltando ainda que a realização do BO ajuda a fortalecer a denúncia de crime de responsabilidade, por descumprir ordem judicial, que sustenta o pedido de impeachment do governador Sartori, protocolado pelo Sindicato.

Notícias relacionadas