Responda à pesquisa do CPERS e ajude o Sindicato a diagnosticar a real situação das escolas da rede estadual


Teto com infiltração, muro caindo, problemas elétricos, obras atrasadas ou inacabadas. Ao contrário do propagandeado pelo governo Eduardo Leite (PSDB) e pela grande mídia, 2024 marca mais um início de ano letivo com diversas escolas estaduais apresentando problemas estruturais graves, que prejudicam o trabalho de funcionárias(os), professoras(es) e equipes diretivas e o acesso de estudantes a uma educação de qualidade.

Devido à falta de transparência sobre a real situação das instituições estaduais de ensino, o CPERS, que há anos denuncia a incapacidade da atual gestão em iniciar o ano com as escolas em ordem, vem novamente solicitar o apoio da comunidade escolar para identificar as reais necessidades das escolas. 

Para além das questões estruturais, o Sindicato também busca fazer um levantamento de desafios enfrentados, como a falta de RH, municipalização, enturmação, pressão constante por parte dos órgãos do governo, falta de biblioteca ou até questões de assédio no ambiente escolar.

▶️ Preencha o formulário abaixo e ajude o CPERS a defender a educação pública.
É rápido, fácil e seguro!

Notícias relacionadas