Pressione o STF pelo fim do desconto previdenciário das aposentadas


O julgamento da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 6254, que trata do desconto previdenciário das aposentadas(os) gaúchas(os), será retomado nesta quarta-feira (19) pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Essas mulheres e homens dedicaram suas vidas à educação, moldando gerações e contribuindo para o progresso do país. No entanto, são cruelmente penalizadas(os) com descontos abusivos em seus já modestos salários.

É revoltante e indignante que um confisco tão injusto seja imposto, especialmente agora a quem deveria estar desfrutando de um merecido descanso após décadas de serviço dedicado.

>> Clique aqui para acompanhar o andamento da votação.

Precisamos intensificar a pressão sobre os ministros em apoio à ADI 6254 e para que se posicionem firmemente contra esse confisco injusto. 

Até o momento, o placar está 3×1 a nosso favor. Quem votou contra as aposentadas(os) foi o ministro Luís Roberto Barroso, presidente do STF.

Nossas educadoras e educadores merecem ser protegidos com o máximo respeito e dignidade. Envie sua mensagem agora e faça com que os magistrados sintam a nossa cobrança pela justiça que essa categoria tão valorosa merece!

Copie a mensagem abaixo e dispare para os e-mails dos ministros:

Vossa excelência, o confisco de pensões e aposentadorias é uma grande injustiça contra as servidoras e servidores que dedicaram a vida pelo serviço público. Nós, aposentadas e aposentados, pedimos encarecidamente que vote pela inconstitucionalidade desse ataque ao direito à aposentadoria digna. Contamos com o seu voto! Obrigada.

➡ Ministro Gilmar Mendes:
E-mail: [email protected]

➡ Ministra Carmen Lúcia:
E-mail: [email protected]

➡ Ministro Luiz Fux:
E-mail: [email protected]

➡ Ministro Alexandre de Moraes:
E-mail: [email protected]

➡ Ministro Nunes Marques:
E-mail: [email protected]

➡ Ministro André Mendonça:
E-mail: [email protected]

➡ Ministro Cristiano Zanin:
E-mail: [email protected]

➡ Ministro Flávio Dino:
E-mail: [email protected]

Outros quatro ministros já votaram:

➡ Ministro Luís Roberto Barroso (Presidente) – VOTOU A FAVOR DO CONFISCO

➡ Ministro Edson Fachin (Vice-Presidente) – VOTOU CONTRA O CONFISCO

➡ Ministra Rosa Weber – VOTOU CONTRA O CONFISCO

➡ Ministro Dias Toffoli – VOTOU CONTRA O CONFISCO

Notícias relacionadas