Pressionado pelo CPERS, Vieira encaminha pedido de nomeações ao governo


Devido a constante pressão da Direção Central do CPERS/Sindicato para que o governo realize as nomeações dos educadores aprovados no último concurso, o secretário de Educação, Vieira da Cunha, anunciou hoje, em entrevista ao jornal Correio do Povo, que solicitou ao governador Sartori o chamamento de 500 professores.
Na última quinta-feira, dia 18, Vieira esteve em reunião na sede do Sindicato com a Direção Central, onde foi novamente pressionado para a nomeação de professores e funcionários de escola. Na oportunidade, Vieira comprometeu-se com a nomeação de 500 professores e 300 funcionários de escola.
“São aproximadamente 5 mil professores concursados aguardando nomeação, além de que, somente no ano 2015 foram quase 6 mil professores que deixaram o Magistério. Este é mais um avanço que conquistamos através do diálogo e da negociação”, destaca a presidente do CPERS, Helenir Aguiar Schürer.

Notícias relacionadas