Pais, alunos e educadores unidos em defesa da escola pública de qualidade


Nem o calor intenso impediu a participação dos educadores que, nesta caminhada, contaram com o importante apoio dos alunos e seus pais. O professor da UFRGS, Ivan Corrêa foi com a esposa, Juliana Santos e as filhas Julia, de 15 anos, e Laura, de 10, engrossar o coro pela valorização dos professores e funcionários de escola e por melhores condições e mais segurança nas instituições. “Nós educamos pelo exemplo. Por isso, nossa família está aqui hoje. Estamos ao lado do CPERS nessa luta por uma educação de qualidade para nossas filhas”, afirmou.
A professora do CAT, Marcia Rosseto participou da manifestação de mãos dadas com o filho Artur, de oito anos. “Trouxe meu filho para aprender a importância de lutarmos por uma educação de qualidade. Eu amo minha profissão, mas os ataques deste governo fazem com que eu me sinta humilhada, usurpada de minha dignidade”, observou.
A professora aposentada, Regina Iara Brum, viajou 630 quilômetros de Uruguaiana a Porto Alegre para estar na manifestação. “Há 20 anos eu participo das mobilizações. Já passei por muitos governos. Mas este fez com que eu pedisse a minha aposentadoria a pouco mais de um mês. Temos que ter o mínimo de dignidade. Não trabalhamos de forma parcelada”, frisou.

Veja mais em fotos 

pais paralisação 29 fev

 

Notícias relacionadas