Nota de pesar pelo incêndio do Museu Nacional


O CPERS manifesta profunda consternação pelo desastroso fim do Museu Nacional do Rio de Janeiro. A destruição, da noite para o dia, do maior acervo da América Latina é um crime sem precedentes contra a memória nacional, contra os brasileiros e contra o patrimônio histórico e cultural da humanidade.

Não há crise que justifique o orçamento reduzido, a falta de reformas e o descaso das autoridades. Que os destroços da primeira instituição científica do país sirvam de alerta para o preço do desprezo à educação, às artes e à ciência nacional.

 

Notícias relacionadas