Moção de apoio à Associação Memorial Luís Carlos Prestes


Os membros do Conselho Geral do CPERS Sindicato apoiam a resistência organizada pela Associação Memorial Luís Carlos Prestes em defesa do Memorial. A vereadora Comandante Nádia (DEM) ingressou com uma indicação ao Executivo para que envie um projeto propondo a supressão do nome d0 local, que homenageia uma das personalidades políticas mais influentes no país durante o século XX, mudando para “Memorial Cidade de Porto Alegre”.

O prédio foi projetado por Oscar Niemeyer para homenagear a vida de Luís Carlos Prestes, que nasceu em Porto Alegre, no dia 3 de janeiro de 1898, foi perseguido e preso durante a ditadura e é referência mundial na luta pelos direitos humanos e pela soberania do Brasil.

A obra arquitetônica de Niemeyer, grande arquiteto brasileiro, faz referencia, unicamente, ao “Cavaleiro da Esperança” e foi um presente dele à capital.

Para a construção da estrutura não foi usado, em nenhum momento, recursos públicos.

“O Memorial homenageia o legado de Prestes. Ele é um espaço não de um grupo de político, mas da cidade de Porto Alegre”, explica Edson Ferreira dos Santos, vice-presidente do Memorial Prestes, que participou das discussões sobre o projeto desde o início.

O local tem recebido diversas atividades comprometidas com a história da classe trabalhadora, a justiça social, a vida, a luta antifascista, a fraternidade internacional, a exemplo da vida de Prestes.

Repudiamos o projeto de lei que pretende descaracterizar a obra de Niemeyer e apagar a memória da contribuição de Luís Carlos Prestes para a democracia brasileira.

Conselho Geral do CPERS/Sindicato

Notícias relacionadas