Loraine Slomp Giron, uma das principais historiadoras gaúchas, faleceu nesta madrugada


Nesta quinta-feira (17) faleceu, aos 84 anos, vítima de uma pneumonia, uma das mais dedicadas historiadoras do Rio Grande do Sul, a professora e sócia do CPERS Loraine Slomp Giron.

Sócia do CPERS desde 1978, a educadora teve 16 livros publicados e intensa participação na produção de centenas de artigos acadêmicos, com especial atenção a história da imigração italiana na Serra e a importância das populações negras para a região.

Além disso, Loraine contribuiu na constituição do Museu Municipal Maria Horn e do Arquivo Histórico João Spadari Adami, duas das referências municipais na área de preservação da memória. Esse trabalho foi reconhecido em 2009, quando recebeu a Medalha Monumento Nacional ao Imigrante, concedida pela Prefeitura de Caxias do Sul.

Formada em História, mestre em Filosofia e doutora em Ciências Sociais teve extensa e destaca carreira docente, principalmente na Universidade de Caxias do Sul (UCS), onde era muito admirada por seus alunos e colegas.

A trajetória de Loraine será sempre lembrada por sua genialidade e pela defesa intransigente da democracia, tão presente em suas obras.

Nossa solidariedade aos familiares, especialmente aos filhos Luis Antônio e Felipe.

Foto: Roni Rigon/Agência RBS

 

Notícias relacionadas