Inscrições do Enem 2024 para candidatos do RS encerram nesta sexta (21)


Termina às 23h59 (horário de Brasília) desta sexta-feira (21/6) o período de inscrições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2024 para os moradores do Rio Grande do Sul (RS). O Ministério da Educação (MEC) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) reabriram o sistema, no último domingo (16/6), exclusivamente para esse público, em virtude das enchentes e da calamidade que atingiram o estado.

O Enem é a principal forma de acesso à educação superior no Brasil.

Além de se inscrever, os participantes também podem solicitar atendimento especializado e tratamento pelo nome social (se for o caso) – a Política de Acessibilidade e Inclusão do Inep garante atendimento e recursos de acessibilidade em todos os seus exames e avaliações. Assim como as inscrições, essas solicitações devem ser feitas por meio da Página do Participante, com o login único do Gov.br.

Quem não lembra a senha do Gov.br pode recuperá-la a partir das orientações da própria plataforma.

Isenção – Todos os moradores do Rio Grande do Sul têm direito à isenção da taxa de inscrição, que custa R$ 85. Esses participantes realizarão o exame de graça. A isenção, no entanto, não significa que a inscrição para o Enem 2024 foi realizada automaticamente. É necessário se inscrever no exame para participar.

O Inep registrou mais de 259 mil inscrições no RS durante o período regular, entre os dias 27 de maio e 14 de junho.

As provas serão aplicadas em 3 e 10 de novembro.

O Ministério da Educação avalia a necessidade de aplicação em uma nova data para os participantes do Rio Grande do Sul.

Orientações – O portal do Inep conta com uma página em que é possível encontrar as principais orientações para os participantes do Enem. Há também uma seção destinada às perguntas frequentes sobre o exame. Com isso, os interessados podem conferir os questionamentos mais comuns e os respectivos esclarecimentos.

Enem – O Exame Nacional do Ensino Médio avalia o desempenho escolar dos estudantes ao término da educação básica. Ao longo de mais de duas décadas de existência, o Enem se tornou a principal porta de entrada para a educação superior no Brasil, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e de iniciativas como o Programa Universidade para Todos (Prouni).

Instituições de ensino públicas e privadas utilizam o Enem para selecionar estudantes. Os resultados são usados como critério único ou complementar dos processos seletivos, além de servirem de parâmetro para acesso a auxílios governamentais, por exemplo o proporcionado pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Os resultados individuais do Enem também podem ser aproveitados nos processos seletivos de instituições portuguesas que possuem convênio com o Inep para aceitar as notas do exame. Os acordos garantem acesso facilitado às notas dos estudantes brasileiros interessados em cursar a educação superior em Portugal.

Notícias relacionadas