Governo quita nova parcela de abril nesta sexta e folha de maio não tem previsão de pagamento


O governo Leite anunciou, nesta quinta (28), que pagará nova parcela de até R$ 1.8 mil da folha de abril nesta sexta. Serão quitados, assim, os salários de quem recebe até R$ 4 mil.

A quitação total da folha de ABRIL segue prevista até o dia 12 de JUNHO.

Já a folha de maio – lançada no portal na tarde desta quinta – provavelmente sofrerá atraso recorde.

O governo estadual já se esquivou da responsabilidade pelo 54º mês de salários atrasados, atribuindo a falta de previsão à demora no repasse dos recursos de auxílio federal.

Ocorre que Eduardo Leite (PSDB), em reunião na última semana, apoiou Bolsonaro em seu plano de congelamento do salário dos servidores até 2022. Seria uma moeda de troca para garantir o repasse.

▶ Leite e Bolsonaro defendem congelamento salarial de servidores da saúde, educação e outras áreas

Com efeito, o presidente sancionou o projeto vetando a possibilidade de reajuste.

Mas o afago de Leite, e o ataque conjunto aos servidores(as), não foi suficiente. Os recursos ainda não têm data para chegar ao estado.

Nesta quarta (27), o Estado havia rodado a folha suplementar do mês de abril, realizando a parametrização do contracheque de acordo com as mudanças previstas no pacote aprovado em janeiro.

▶ Saiba como receber notícias do CPERS por whatsapp

Folha suplementar de abril é disponibilizada e será paga no dia 12, mas gera confusão

A Secretaria também disponibilizou um breve relato sobre o lançamento da folha suplementar, mas não entra em detalhes, evidenciando mais uma vez a falta de transparência e o descaso com os servidores(as).

▶ Clique aqui para ler o informe da Fazenda

Sugerimos a todos os educadores(as) com dúvidas sobre os valores constantes na sua folha que cobrem a Fazenda e o Governo do Estado por explicações.

▶ Dúvidas sobre os valores e a organização do contracheque devem ser enviadas para o e-mail [email protected]
▶ Pressione a sua CRE por esclarecimentos. As coordenadorias mantêm o atendimento por e-mail. Confira os endereços aqui.
▶ Pressione o Estado em suas redes sociais: FacebookTwitter e Instagram.
▶ Para contatar o Jurídico do CPERS, o SAS ou o seu Núcleo, confira os contatos aqui

Notícias relacionadas