Governo “adianta atraso” e quita salários de até R$ 5 mil nesta terça-feira


Demonstrando que previsibilidade do fluxo de caixa não é o forte do governo, o Estado antecipou o calendário divulgado previamente para o pagamento da folha de julho. Nesta terça-feira (20), a Fazenda quitou o salário de quem recebe acima de R$ 2,5 mil e até R$ 5 mil.

O próximo depósito será dia 30 de agosto, no valor de R$ 2.000, quitando a folha para quem recebe líquido até R$ 7 mil. Os servidores que recebem acima desse valor terão os salários de julho integralizados em 10 de setembro.

O “adiantamento” não é motivo para comemorar. Agosto permanece marcado como o mês em que os atrasos chegaram ao seu nível recorde desde o início da política de arrocho iniciada por Sartori. Ao todo, são 44 meses de salários atrasados e parcelados.

Confira o calendário completo abaixo:

Notícias relacionadas