Etapa regional da 5ª Mostra Pedagógica do CPERS encerra valorizando a riqueza da escola pública


Nesta quinta-feira (9), chegou ao fim a etapa regional da 5ª Mostra Pedagógica do CPERS. Com o tema “Escola Livre, Educação Presente”, a iniciativa encerrou em grande estilo, exaltando a qualidade dos trabalhos apresentados no chão da escola, no 19º Núcleo (Alegrete) e no 40º Núcleo (Palmeira das Missões).

Foram cerca de 38 mil quilômetros percorridos nos quatro cantos do Rio Grande do Sul. Centenas de projetos foram avaliados aos olhos atentos dos jurados(as).

No dia 28 de novembro, a partir das 8h30, ocorre a etapa estadual da 5ª Mostra Pedagógica do Sindicato, na Praça da Alfândega (espaço da Feira do Livro), em Porto Alegre. Serão dezenas de projetos expostos a céu aberto para a população gaúcha prestigiar.

A tesoureira do CPERS e idealizadora da Mostra, Rosane Zan, realizou uma breve análise da iniciativa que fortalece o compromisso dos educadores(as) e estudantes com a educação. “Podemos observar que todos os projetos são de excelência, o que demonstra, mais uma vez, a importância da defesa da escola pública. Por isso, é essencial destacarmos para a sociedade, porque é tão importante defender a educação pública, principalmente diante de tantos ataques do governo de Eduardo Leite (PSDB), que não investe na educação e desvaloriza os professores e funcionários de escola”, destaca Rosane.

A educadora também faz um convite para a população gaúcha. “Convido todos vocês, que venham até Porto Alegre, no dia 28 de novembro, no mesmo espaço da Feira do Livro. Estaremos expondo esses projetos selecionados nos 42 núcleos do CPERS. Juntos faremos um ‘Viva à escola pública’ e evidenciaremos a qualidade de ensino das nossas escolas estaduais”, conclamou Rosane.

Edson Garcia, 2º vice-presidente do Sindicato, conferiu de perto os excelentes projetos expostos na atividade, no 40º Núcleo (Palmeira das Missões), e fez um breve resgate da iniciativa.

“Participar das Mostras Regionais é sempre motivador. Estamos finalizando a 5ª Mostra e lembro, como se fosse hoje, quando idealizávamos a 1ª Mostra. O difícil é avaliar, visto que sempre temos tantos trabalhos relevantes desenvolvidos por nossos alunos, orientados pelos nossos colegas educadores, como foi o caso da Mostra do 40º Núcleo. Porém, saio com a certeza de que será muito bem representado dentre os 10 projetos inscritos. Agora é aguardar a Mostra Estadual, onde estarão os trabalhos que representarão os 42 núcleos. A educação pública vale a pena”, conclui Edson.

Em Alegrete, a Mostra ocorreu no Colégio Emílio Zuñeda, reunindo estudantes de cinco escolas da região, distribuídos em sete projetos.

Lucas Abreu Custódio, estudante da EEEM Tancredo de Almeida Neves, apresentou o projeto “Brasil, alta produção, baixa eficiência – como reaproveitar alimentos”, na categoria Ensino Médio, e frisou que o tema foi escolhido por ser importante para a sociedade. O estudante explica que o Brasil voltou para o mapa da fome da ONU, sendo que é um dos países que mais produz alimentos. “Ações simples do cotidiano podem impactar diretamente a qualidade de vida das pessoas. Uma simples casca de banana ao invés de ir diretamente para o lixo pode voltar para o teu prato. Esse foi o objetivo do trabalho, reformular essas pequenas ações do cotidiano em benefício da própria população”, observa Lucas.

“Nós estamos muito orgulhosos de fazer parte da 5ª Mostra Pedagógica do CPERS, porque é o nosso momento de exibir os trabalhos dos estudantes das nossas instituições de ensino. A escola pública pode sim fazer trabalhos de qualidade, produzir conhecimento científico de pertinência social. Estamos muito felizes e honrados de hoje estar presentes nesse evento”, salienta Mariana Vargas Ferreira, orientadora na EEEM Waldemar Borges, representando o trabalho “Produções Literárias e Artísticas abordando a violência doméstica”.

A comissão julgadora foi composta pelas educadoras Tânia Regina Dias Vilaverde Coelho, Marta Silveira Vargas  e Mirza Marli Gonçalves Nunes.

Rosa Maria Agostini Dotta, diretora do 19º Núcleo (Alegrete) também estava presente no evento.

Confira os projetos selecionados em Alegrete: 

Séries Inicias Ensino Fundamental
Projeto: Cultura digital x diversidade cultural – caminhos para a leitura e escrita com o uso da tecnologia
Escola: EEEF Marques d’ Alegrete

Séries Finais Ensino Fundamental
Projeto: Plogging: uma combinação de esporte e tecnologia
Escola: EEEM Emílio Zuñeda

Ensino Médio
Projeto: Brasil, alta produção, baixa eficiência: como reaproveitar alimentos?
Escola: EEEM Tancredo de Almeida Neves

EJA
Projeto: Tapete Piezoelétrico
Escola: EEEM Emílio Zuñeda

Mostra Pedagógica em Palmeira das Missões 

Já no 40º Núcleo (Palmeira das Missões), a etapa regional da 5ª Mostra Pedagógica do CPERS teve a participação de estudantes e professores(as) de sete escolas da região, com a exposição de 10 projetos.

Em seus trabalhos, os estudantes e educadores(as) destacaram diversos assuntos importantes para a população, como meio ambiente, saúde física e mental, cuidados com os idosos, machismo, entre outros.

Os projetos foram selecionados sob os olhares atentos dos educadores(as) Edson Garcia, 2º vice-presidente do Sindicato, Neusa Lopes, Gerry Sawaris, Roselei Santi e Dirce Magalhães.

O diretor do 40º Núcleo ( Palmeira das Missões) também participou da atividade.

Confira os projetos selecionados em Palmeira das Missões: 

Séries Finais Ensino Fundamental
Projeto: Machismo ajuda, a implodir essa casa!
Escola: EEEB Antônio João Zandoná

Séries Finais Ensino Fundamental
Projeto: Que mundo nós queremos?
Escola: EEEF Cacique Neenguiru

Ensino Médio
Projeto: Desligue o desperdício: pequenas ações, grandes mudanças
Escola: EEEM Castro Alves

 

Notícias relacionadas