Entidades do funcionalismo público avaliam mobilização do dia 13 de agosto


Lideranças de entidades representativas do funcionalismo estadual reuniram-se no CPERS na tarde desta quarta-feira (14) para avaliar as atividades do dia 13 de agosto, data do ato conjunto realizado na Praça da Matriz e da paralisação nacional em defesa da educação e contra a Reforma da Previdência, convocada pela CNTE e centrais sindicais.

O dia de lutas foi marcado pelo tom de denúncia aos ataques dos governos estadual e federal, como o desmonte da educação pública e a reforma da Previdência.

A presidente do CPERS, Helenir Aguiar Schürer, avaliou como positivo o resultado das manifestações. “O dia de ontem foi extremamente positivo. Tivemos uma resposta massiva da categoria e o que mais se destacou foi a grande participação dos trabalhadores, o que demonstra a insatisfação da sociedade com esse período nefasto da história do país e do nosso estado”, destacou.

As manifestações do dia 13 tiveram início com uma aula pública na Praça da Matriz, em Porto Alegre, e foram seguidas de um ato que reuniu milhares de pessoas na Esquina Democrática e contou também com uma caminhada que tomou as ruas da capital ao cair da noite.

Para Eduardo Rolim, diretor da ADUFRGS, o ato superou as expectativas. “Precisamos pensar em mais do que trancar ruas, mas tocar as pessoas com a nossa causa, e foi isso o que eu senti ontem”, desabafou.

A secretária-geral do CPERS, Candida Beatriz Rossetto, diz que o ato do dia 13 foi histórico e muito positivo, mas há necessidade de pensarmos novas propostas e formas de atingir mais diretamente a sociedade.

Margot Andras, diretora do Sinpro/RS ressaltou a importância de ampliar o debate sobre a reforma para aprofundar o debate. “Tivemos ontem uma participação maior e mais intensa, nunca vi tantas luzes piscando em sinal de apoio, temos feito atos muito bonitos”.

O grupo definiu que o próximo passo para ampliação do debate será reforçar a discussão dos temas abordados mais diretamente, através de ações de comunicação. A próxima reunião será realizada em setembro.

Entidades presentes na reunião:

ADUFRGS

AFAGRO/RS

CPERS Sindicato

CUT/RS

SINDICAIXA

SINDJUS

SINDPERS

SINDSEPE/RS

Sinpro/RS

SPMG/Gravataí

Notícias relacionadas