Em reunião com o CPERS, SEFAZ esclarece situação dos sistemas e pagamento de salários em meio à crise climática


Em reunião virtual com o CPERS, na última quarta (15), a Secretaria da Fazenda (SEFAZ) informou que, em função da catástrofe climática que assola o Rio Grande do Sul, todos os sistemas estão atualmente fora de operação. A SEFAZ detalhou que será feito o pagamento da folha no dia 31, considerando as hipóteses abaixo:

  1. Restabelecimento dos sistemas: A equipe técnica está trabalhando para restaurar os sistemas o mais rapidamente possível. Com os sistemas funcionando, o pagamento da folha será processado normalmente.
  2. Sem sistemas: Se os sistemas permanecerem inoperantes até o final do mês, a SEFAZ garantirá que o valor líquido referente ao mês de abril seja creditado às servidoras(es) no dia 31 de maio como uma antecipação.
  3. Ajustes posteriores: Assim que os sistemas forem restabelecidos, serão realizados os ajustes necessários na folha de pagamento para corrigir qualquer discrepância decorrente do pagamento antecipado.

O CPERS tem intensificado seus esforços para mitigar os impactos da crise climática, que têm afetado as gaúchas e gaúchos, incluindo as professoras(es) e funcionárias(os) de escola, da ativa e aposentadas(os). O Sindicato tem pressionado o governo Eduardo Leite (PSDB) para que adote medidas urgentes e eficazes para enfrentar os efeitos das mudanças climáticas.

Notícias relacionadas