Educadores resistem e ocupam CAFF até que o governo abra a Mesa de Negociação


LIMPEZA CAFF

O frio da madrugada desta segunda-feira foi ainda mais intenso para os educadores do Comando de Greve do CPERS que estão, desde ontem, ocupando o CAFF em resposta ao descaso do governo Sartori (PMDB) com a categoria e a educação pública gaúcha. Na quarta audiência com os educadores, o governo não apresentou nenhuma proposta para a pauta de reivindicações dos professores e funcionários de escola.
Graças à solidariedade dos colegas e da população, os representantes do Comando de Greve estão recebendo alimentos e cobertores para enfrentar a árdua luta dentro das instalações do CAFF.
Hoje pela manhã, os educadores fizeram um mutirão para limpar os ambientes utilizados desde ontem. “O CAFF também é a casa dos professores e funcionários de escola e temos que mantê-la limpa e organizada”, declarou a presidente do CPERS, Helenir Aguiar Schürer.
Para fortalecer ainda mais a luta, o CPERS convoca a todos os educadores para que se dirigiram ao CAFF e fiquem concentrados em frente ao local.  O apoio e a solidariedade de todos neste momento crucial para a educação pública é fundamental.

Notícias relacionadas