CPERS segue atento aos ataques do governo


A forte paralisação do funcionalismo público nesta quinta-feira, dia 04, por todo o Estado, mostrou ao governo do Estado e seus aliados a união e a força dos servidores para barrar os ataques contra seus direitos. A grande maioria das escolas atendeu ao chamado do CPERS e não abriu as portas, em sinal de repúdio ao parcelamento dos salários e ao descaso com os educadores e a educação pública.
Cumprimos esta primeira etapa com êxito. Pressionamos o governo, que quase totalizou o pagamento integral dos salários, e mostramos que não recuaremos na luta pelos nossos direitos.
Agora, partimos para a segunda etapa: a de ganharmos novo fôlego para as próximas batalhas. Por isso, a partir de segunda-feira, dia 8, o CPERS orienta a todas as escolas a voltarem aos horários normais de aula.
Seguimos atentos e pedimos que os educadores que ainda estiverem enfrentando problemas com o pagamento do salário ou quanto a questão da recuperação dos dias letivos, entre em contato conosco.
A nossa luta e a resistência continuam. Seguimos vigilantes a todas as ações do governo e de seus aliados.
Continuaremos fortes e firmes na luta em defesa dos diretos da categoria.

Notícias relacionadas