CNI/Ibope: 72% dos brasileiros rejeitam governo Temer


Uma nova pesquisa divulgada nesta quinta-feira (5) mostra que apenas 5% da população avaliam o governo de Michel Temer como bom, enquanto 72% consideram a gestão federal péssima. Os dados são do Ibope a pedido da Confederação Nacional da Indústria (CNI), que na última pesquisa já mostrava uma rejeição de 74% ao presidente.
A maneira de governar de Temer também é desaprovada pelos entrevistados: 87%. Das 2 mil pessoas ouvidas, apenas 9% disseram aprovaa o método de trabalho do emedebista. A pesquisa foi realizada em 126 municípios, entre 22 e 25 de março.
Com o mandato previsto para terminar em dezembro deste ano, Temer não atrai boas perspectivas da população: 67% demonstram pessimismo com a gestão. Ao mesmo tempo, 89% demontram desconfiança e só 8% acreditam no presidente.
A pesquisa também comparou o ex-governo de Dilma com seu sucessor. Para 55% a situação piorou após a saída da presidenta, 33% consideram igual e apenas 10% disseram ver melhora no país.
Os entrevistados avaliaram nove áreas de atuação do governo e todas tiveram reprovação: impostos (90%); saúde (87%); combate ao desemprego e taxa de juros (85%); segurança pública (84%); combate à fome e pobreza (83%); combate à inflação (80%); educação (80%) e meio ambiente (74%).
Outro dado apontado pela pesquisa é que o período de maior aprovação dos governos brasileiros recentes estão entre 2003 a 2011, na gestão de Lula e Dilma. O mais rejeitado é de 2016 a 2018, durante a presidência de Temer.

Notícias relacionadas