Ao menos 110 municípios gaúchos decretaram que escolas estaduais não abrem no dia 20


Às vésperas do calendário de retomada das aulas presenciais, tudo indica que o ensaio autoritário de Eduardo Leite (PSDB) enfrentará uma brava resistência em todas as frentes.

Além da própria incompetência em fornecer os EPIs e as condições necessárias para a retomada, o governo esbarra em diversas escolas que – em comum acordo com suas comunidades – decidiram não abrir, a baixa adesão de pais e estudantes e a posição de quase uma centena de prefeitos que vetaram, por decreto, os planos do Estado.

Até o fim da tarde desta sexta-feira (16), o CPERS identificou ao menos 110 Municípios que já prorrogaram o prazo de suspensão das aulas presenciais nas instituições da rede estadual.

Os decretos variam em teor, estendendo o prazo até o dia 30, por período indeterminado ou até 2021.

Na região do 29º Núcleo (Santiago), todos os municípios  decretaram nesta sexta o  não retorno presencial às aulas e total apoio a causa dos educadores(as) que temem uma nova onda de contaminação com o retorno sem EPIs, sem recursos humanos e sem testagem em massa. 

Confira abaixo a lista dos municípios que, por decreto, não permitiram a reabertura de escolas estaduais no dia 20 (Obs: lista em revisão; caso encontre erros, contate os canais do CPERS)

  1. Ajuricaba
  2. Alpestre
  3. Alvorada
  4. Ametista do Sul
  5. Arambaré 
  6. Arroio do Sal
  7. Arroio dos Ratos
  8. Arroio Grande
  9. Arvorezinha
  10. Augusto Pestana
  11. Balneário Pinhal
  12. Barão do Triunfo
  13. Barra do Ribeiro
  14. Bossoroca
  15. Bozano
  16. Butiá
  17. Caçapava
  18. Cacequi
  19. Cachoeira do Sul
  20. Cachoeirinha
  21. Caibaté
  22. Caiçara
  23. Camaquã
  24. Campo Bom
  25. Canguçu
  26. Capão da Canoa
  27. Capão do Cipó
  28. Capão do Leão
  29. Capela de Santana
  30. Capivari do Sul
  31. Caraá
  32. Carazinho
  33. Catuípe
  34. Cerrito
  35. Cerro Largo
  36. Charqueadas
  37. Chuí
  38. Cidreira
  39. Condor
  40. Constantina
  41. Coqueiro baixo
  42. Coronel Barros
  43. Cruz Alta
  44. Dezesseis de Novembro
  45. Dom Pedro de Alcântara
  46. Doutor Ricardo
  47. Eldorado do Sul
  48. Encruzilhada do Sul
  49. Entre-Ijuís
  50. Faxinalzinho
  51. Garruchos
  52. General Câmara
  53. Guaíba
  54. Hulha Negra
  55. Ijuí
  56. Ilópolis
  57. Imbé
  58. Itacurubi
  59. Itaqui
  60. Itati
  61. Jaguari
  62. Jari
  63. Jóia
  64. Maçambara
  65. Mampituba
  66. Maquiné
  67. Mariana Pimentel 
  68. Mata
  69. Mato Queimado
  70. Minas do Leão
  71. Montenegro
  72. Morrinhos do Sul
  73. Mostardas
  74. Nova Bréscia
  75. Nova Esperança do Sul
  76. Nova Palma 
  77. Nova Ramada
  78. Nova Santa Rita
  79. Novo Xingú
  80. Osório
  81. Palmares Do Sul
  82. Panambi
  83. Passo Fundo
  84. Pejuçara
  85. Piratini
  86. Planalto
  87. Portão
  88. Porto Xavier 
  89. Progresso
  90. Putinga
  91. Quaraí
  92. Relvado
  93. Rio Grande
  94. Rosário do Sul
  95. Salvador das Missões
  96. Santa Vitória do Palmar
  97. Santana do Livramento
  98. Santiago
  99. Santo Ângelo
  100. Santo Antônio da Patrulha
  101. Santo Antônio das Missões
  102. Santo Augusto
  103. São Borja
  104. São Francisco de Paula
  105. São Gabriel
  106. São Jerônimo
  107. São José do Norte
  108. São Leopoldo
  109. São Luiz Gonzaga
  110. São Nicolau
  111. São Paulo das  Missões
  112. São Pedro do Sul 
  113. São Vicente do Sul
  114. Sertão Santana
  115. Tabaí
  116. Tapes
  117. Taquari
  118. Tavares
  119. Terra De Areia
  120. Torres
  121. Tramandaí
  122. Três Cachoeiras
  123. Três Forquilhas
  124. Triunfo
  125. Tupanciretã
  126. Ubiretama
  127. Unistalda
  128. Uruguaiana
  129. Vale Real
  130. Viamão
  131. Vicente Dutra
  132. Xangri-Lá

Lista em constante revisão, última atualização dia 20/10 às 11h.

Notícias relacionadas