Servidores públicos irão paralisar caso o governo parcele os salários


IMG_2226

Nesta quarta-feira, dia 29, às 16h, a Coordenação Unificada dos Servidores Públicos, a qual o CPERS faz parte, reuniu-se no auditório do Sindicato. Durante a reunião ficou definido que caso o governo venha a parcelar os salários dos servidores públicos nesta sexta-feira, dia 31, o funcionalismo irá cruzar os braços na próxima segunda-feira, dia 03. Caso isso ocorra, a concentração será em frente ao Centro Administrativo pela manhã.
“Se houver atraso, segunda-feira paralisamos. O governo está desrespeitando o trabalhador com o parcelamento dos salários. Sem salário não há trabalho”, destacou a presidente do CPERS, Helenir Aguiar Schürer.
As Caravanas da Coordenação Unificada dos Servidores Públicos também começam na próxima semana. A iniciativa terá início na terça-feira, dia 04, em Pelotas, e segue na quarta-feira, dia 05, em Santa Maria e dia 06 em Santana do Livramento. Em cada cidade visitada será realizada uma Plenária Regional e haverá um dia de paralisação.
Nesta quinta-feira, a Coordenação Unificada dos Servidores Públicos irá juntar-se aos servidores de diferentes setores do Centro Administrativo Fernando Ferrari (CAFF), para um ato às 10hs em frente ao Centro Administrativo (Av. Borges de Medeiros, 1501, Porto Alegre), em protesto a possibilidade de parcelamento dos salários.

Notícias relacionadas