Pressão nos vereadores: baixe o modelo de moção de repúdio ao projeto que reestrutura o IPE Saúde


>> Clique aqui para baixar o modelo de moção

O projeto de reforma do IPE Saúde (PLC 259), de Eduardo Leite (PSDB), pode ser votado, na terça-feira, dia 20, pelos deputados(as). Para barrar mais esse ataque do governo, o CPERS e a Frente dos Servidores Públicos (FSP) elaboraram um modelo de Moção de Repúdio a ser protocolado na Câmara Municipal da sua cidade.

Vamos para cima dos vereadores(as)! A pressão para a garantia de um IPE Saúde solidário e de qualidade e pela Revisão Geral dos Salários é fundamental.

Converse, fale sobre a situação de miséria dos educadores(as) e demais servidores(as), e dos prejuízos do PLC 259, projeto cruel de Eduardo Leite (PSDB) que reestrutura o IPE Saúde e penaliza aposentados(as) e aqueles que recebem os menores salários.

Vereadores(as) podem pressionar as bancadas na Assembleia Legislativa e garantir votos importantes em defesa dos servidores(as).

A hora é agora! Participe da Paralisação Estadual, no dia 20, data da votação do PLC 259, com todos os trabalhadores(as) da ativa e aposentados(as). Nossa resistência e pressão serão fundamentais para evitarmos essa calamidade. Contate o seu núcleo e mobilize-se!

>> Clique aqui para pressionar os deputados para que digam #NãoAoPLC259 que reestrutura o IPE Saúde

Leia também:

>> CPERS e Frente dos Servidores(as) Públicos pressionam pela retirada do projeto de reforma do IPE Saúde e aprovam calendário de lutas

Notícias relacionadas