Pelo fim da violência: CPERS se solidariza à escola Sapopemba


O CPERS se solidariza com a Escola Estadual Sapopemba, localizada na zona leste de São Paulo, atacada a tiros na manhã desta segunda-feira (23).

Neste momento de dor, estendemos nosso apoio à família da estudante que não sobreviveu, à comunidade escolar e aos feridos que enfrentam não apenas as marcas físicas, mas também as cicatrizes emocionais deixadas por esse ato de violência sem sentido.

É imperativo que olhemos além do imediatismo desse episódio e nos comprometamos a construir um ambiente escolar mais seguro e saudável. Acreditamos firmemente que a resposta está na criação e implementação de políticas públicas que previnam tais tragédias.

Além disso, é preciso que haja uma reestruturação pedagógica do ensino, com foco no combate ao negacionismo, às fake news e ao extremismo.

Instamos as autoridades a agirem de maneira proativa, a adotarem medidas que protejam nossas escolas e, consequentemente, nossos jovens.

O Ministério da Justiça e Segurança Pública possui um canal online para o recebimento de informações de ameaças e ataques contra as escolas. Todas as denúncias são anônimas e as informações enviadas são mantidas sob sigilo. Acesse o Canal de Denúncia aqui.

Que este momento de luto e reflexão nos inspire a trabalhar juntos(as) pelo fim da violência nas escolas, onde a educação floresça como uma fonte de esperança e crescimento para todos e todas!

 

Foto: Wanderley Preite Sobrinho

Notícias relacionadas