Nota do Comando Fora Bolsonaro: repúdio às práticas criminosas que ocorreram no parlamento municipal de Porto Alegre


O Comando “Fora Bolsonaro – Impeachment já!” repudia as práticas criminosas que ocorreram no parlamento municipal e exige providências legais para a punição dos(as) agressores(as) e medidas para que não se repitam situações que atacam às instituições do Estado, vereadores(as) e o Estado Democrático de direito.

Negacionistas, incitados(as) e convocados por vereadores(as) da base do Prefeito, vieram a Câmara Municipal de Porto Alegre no dia 20/10/2021 protestar pela manutenção do veto ao passaporte vacinal. Mas transformaram o direito democrático de protesto numa sucessão de crimes: violência física, racismo e apologia ao nazismo.

O prefeito, que já tentou distribuir kit covid para a população, antes da vigência do decreto estadual que exige o passaporte da vacina para ingressar em locais de grande circulação, vetou a exigência da comprovação de vacinação para ingresso em locais de grande circulação. E mesmo com um decreto em vigor para todo o RS, o prefeito manteve o tensionamento de votar o veto, como se Porto Alegre fosse uma ilha e não tivesse que cumprir o que vale para o resto do Estado.

O prefeito Sebastião Melo vai cumprir o decreto do passaporte vacinal ? A cidade de Porto Alegre quer saber se o seu governante defende ou não a vida da sua população.

Durante o debate sobre o veto do prefeito Melo, manifestantes verberaram o ódio dos que negam a vacina e minimizam as mais de 600 mil mortes por Covid-19 no Brasil – que deixaram mais de 110 mil crianças e adolescentes órfãos -; que defendem o Kit Covid e a imunidade de rebanho.

Esse grupo cometeu graves crimes dentro do Plenário Otávio Rocha:
1- Ostentação de cartaz com apologia ao Nazismo;
2- Agressões físicas a vereadores(as) e assessorias;
3- Discurso fundamentado o racismo estrutural chamando uma vereadora de empregada doméstica e a outra vereadora de lixo. As duas parlamentares são mulheres negras, configurando crime de racismo.

As falas revelam o racismo e o preconceito e discriminação com a classe das trabalhadoras domésticas, que durante toda a pandemia não deixaram de trabalhar e garantir a prestação de serviços em milhares de lares gaúchos.

É inadmissível que a Câmara de Vereadores(as) autorize a apologia ao ódio. As práticas criminosas cometidas pelo grupo bolsonarista que invadiu o Legislativo Municipal são inaceitáveis. Vereadores que tenham estimulado ou apoiado tais práticas precisam responder perante a Comissão de Ética.

O Legislativo deve fornecer todas as gravações que permitam à Polícia e ao Ministério Público a identificação dos criminosos para os devidos processos de responsabilidade penal.

Fora Bolsonaro impeachment já!
Fascistas, racistas, machistas não passarão!

Porto Alegre, 22/10/2021

Assinam as entidades, Centrais Sindicais, partidos e movimentos sociais que compõe este comando
Afronte
ASERGHC
ASSUFRGS
CTB/RS
CUT/RS
Centro Acadêmico de Políticas Públicas (CAPP)
Coletivo Alicerce
Coletivo Feminista Classista Ana Montenegro
Coletivo Juntos
Coletivo Outros Outubros Virão
Coluna Vermelha do Inter
CONAM
CPERS Sindicato
CSP Conlutas
DCE UFRGS
Elo Nacional de Mulheres da Rede Sustentabilidade
Executiva Nacional do PDT
Fórum Sindical e Popular
Frente Brasil Popular RS
Frente Nacional de Mulheres na Política
Frente Povo Sem Medo
Grêmio Antifascista
Grupo Desobedeça LGBTI
Intersindical Central da Classe Trabalhadora
Intersindical – Instrumento de Luta e Organização da Classe Trabalhadora
Kizomba
Levante Popular da Juventude
Liderança da Bancada do PDT na Assembleia Legislativa
MMM/RS
Movimento Luta de Classes (MLC)
Movimento de luta nós bairros, vilas e favelas – MLB
Movimento de Mulheres Olga Benário
MNLM
Movimento Fé e Política RS
MPA
MST/RS
MTST
OCUPE – Juventude Socialista
Parada Livre de Porto Alegre
Parada de Luta LGBTI de Porto Alegre
PCB
PCdoB/RS
PDT/POA
PSOL/RS
PT/RS
PT/POA
REDE Sustentabilidade POA
Resistência/PSOL
SindiCaixa
Sindisaude-RS
SindisprevRS
SindSepe/RS
Sintergs
Somos – Comunicação, Saúde e Sexualidade
Subverta RS – PSOL
UBES
UBM
UCB
UEE/RS
UJS
UNE/RS
UNEGRO
Unidade Popular pelo Socialismo
UPS (Unidade Popular e Sindical)/RS

Notícias relacionadas