Estudantes de Passo Fundo apresentam fotos e vídeos sobre a precariedade nas escolas durante Plenária do CPERS


03/05/2016 PASSO FUNDO/RS/BRASIL:Plenária na Camara de Vereadores   Foto: Caco Argemi/CPERS
 Foto: Caco Argemi

Em Passo Fundo, mais de 150 educadores, alunos, diretores de escolas e conselheiros escolares reuniram-se às 14h no auditório da Câmara Municipal de Vereadores. O encontro contou com a participação dos Núcleos de Soledade, Carazinho, Erechim e Lagoa Vermelha.
Na ocasião, foi traçado um panorama do desmonte pela qual passa a escola pública, através do demonstrativo de dados do levantamento feito em 14 escolas que abrangem o 7º Núcleo – Passo Fundo. Foram constatados situações como sérios problemas estruturais, a falta de repasses de verbas e o ataque à gestão democrática. Além disso, um dado preocupante apresentado é a falta de educadores, especialmente funcionários de escolas, nas instituições.
Durante a plenária, houve depoimentos dos representantes dos Grêmios Estudantis das escolas. Eles expuseram fotos e vídeos que mostravam a precariedade da estrutura física das escolas (elétrica, infiltrações, rachaduras, falta de refeitórios, ausência ou quadras de esportes mal conservadas, calçadas  sem acessibilidade para cadeirantes, banheiros precários, telhados quebrados, praça de recreação sem condições de uso, falta de merenda, ).
Os diretores dos Núcleos presentes, Passo Fundo, Carazinho, Erechim, Soledade e Lagoa Vermelha, em seus relatos,  reiteraram a importância das Plenárias Regionais para formatação do “Dossiê do Caos na Escola Pública” e conclamaram aos colegas para mobilizarem-se e unirem-se em defesa de uma escola pública de qualidade.
A presidente do CPERS, Helenir Aguiar Schürer, reforçou a importância da mobilização e da união da categoria considerando-se o sério momento pelo qual está passando a escola pública e os educadores devido aos ataques constantes do governo Sartori (PMDB). “Além de não cumprir a Lei do Piso, todos os meses o governo atrasa e parcela os nossos salários. Por isso, estamos construindo uma forte greve, sempre ouvindo a base da nossa categoria. Nossa mobilização deve ser massiva e forte para acabarmos com os ataques do governo”, destacou.

03/05/2016 PASSO FUNDO/RS/BRASIL:Plenária na Camara de Vereadores   Foto: Caco Argemi/CPERS
 Foto: Caco Argemi

 

Notícias relacionadas