CPERS participa do V Encontro Estadual de Funcionários(as) da Educação em Alagoas


Esta semana, o Sindicato dos Trabalhadores da Educação de Alagoas (SINTEAL) realizou o V Encontro Estadual dos(as) Funcionários(as) da Educação. O evento, realizado no auditório do Sindicato dos Bancários, teve como tema “Gestão Só Democrática” e homenageou, in memoriam, Jocilene Barboza dos Santos (Jô), primeira mulher funcionária da educação a ser eleita presidenta de uma entidade classista no Brasil. A entidade em questão era o Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (SINTEP). O evento contou com a participação da diretora do Departamento dos(as) Funcionários(as) de Escola do CPERS, Sônia Solange Viana.

A abertura do evento contou com a apresentação do grupo coral SINTEAL em Canto e da apresentação musical da servidora Wilma, que trabalha como merendeira na rede pública. Através de vídeo, a ex-senadora Fátima Cleide, que dedicou o seu mandato para a causa dos trabalhadores(as) da educação deu as boas-vindas aos(as) educadores(as). Um dos grandes projetos de lei de sua autoria foi o reconhecimento dos(as) trabalhadores(as) de escolas públicas como profissionais da educação.

A mesa inaugural contou com a participação da presidente do SINTEAL, Consuelo Correia, que abordou a importância do encontro na atual conjuntura do país. “É importante que a gente se una para debater, refletir e lutar, ainda mais no cenário nacional colocado no pós-golpe. Somos protagonistas dessa luta pela defesa da educação no país”, declarou. Ao lado de Consuelo, compuseram a mesa, o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), Heleno Araújo, o professor da UFAL, César Nonato; a diretora do Departamento dos(as) Funcionários(as) de Escola do CPERS, Sonia Solange Viana; a presidente estadual da CUT-AL, Rilda Alves; a diretora da secretaria de assuntos municipais do SINTEAL, Darcir Acioli e a diretora da secretaria de funcionários do SINTEAl, Renildes Ramos.

Sônia falou sobre a importância do reconhecimento e da profissionalização dos(as) funcionários(as), defendeu a  implementação do plano de carreira e relatou o trabalho feito pelo departamento que coordena. “Recentemente realizamos encontros regionais com os funcionários de escola para informar e conscientizar sobre como é importante conhecerem seus direitos e perceberem como são essenciais no funcionamento das escolas e na luta corporativa e de classes”, observou.

Ao longo do dia, temas como o plano de cargos e carreira, piso salarial, profissionalização, valorização e respeito, condições de trabalho e visibilidade foram discutidos com a participação de vários nomes importantes no cenário da educação estadual e nacional, como o presidente da CNTE, o professor Milton Canuto, especialista em gestão da educação; o professor Luiz Antônio Costa, oordenador geral do Programa Profuncionário; a secretária de Políticas Educacionais do SINTEP/MT, Guelda Andrade e o engenheiro Paulo César, do CEREST/Maceió.

Os painéis do V Encontro de Funcionários(as) proporcionaram o debate de temas como Mudança no mundo do trabalho e reflexos na vida do(a) trabalhador(a), Desprofissionalização e Negação de Direitos, Adoecimento Profissional e Gestão Democrática. Ao final do evento, foram sorteados alguns livros para os(as) trabalhadores(as) que participaram do evento.

Fotos: Divulgação SINTEAL

Notícias relacionadas