CPERS convida deputados para prestigiarem a 4º Mostra Pedagógica, na Praça da Matriz


“Estaremos, no próximo dia 29, com 110 projetos de escolas estaduais de todo o Estado, na 4ª edição da nossa Mostra Pedagógica para fazer um contraponto ao governo Eduardo Leite, mostrando que a escola pública tem muita qualidade e precisa ser respeitada. Contamos com a sua presença para valorizar o ensino público gaúcho”, dizia a diretora do Departamento de Educação do CPERS Rosane Zan ao visitar os 55 gabinetes dos deputados, na Assembleia Legislativa, nesta manhã, acompanhada de uma representação de educadores(as) de várias regiões do Estado.

As etapas regionais da Mostra ocorrem no período de dez de setembro a 12 de novembro. Dos 307 projetos que participaram da iniciativa, 110 foram selecionados para a etapa estadual que será realizada às portas do Palácio Piratini, das 9h às 19h, na próxima sexta-feira. Na ocasião, educadores e estudantes dos 42 núcleos do sindicato estarão mostrando à população os projetos desenvolvidos com empenho e dedicação ao longo do ano letivo.

Ao fazer o convite, o grupo aproveitava para questionar os parlamentares ou suas chefias de gabinete sobre a posição quanto ao pacote desumano do Executivo, que prejudicará de forma significativa todos os educadores. “Este pacote é o pior ataque que a nossa categoria já enfrentou e olha que já passamos por uma ditadura. Não é possível permitir que os professores e funcionários sejam ainda mais penalizados. Já estamos em situação de miserabilidade, se este pacote passar como iremos sobreviver? Por isso, pedimos o apoio de todos os parlamentares para barrar esta afronta”, ressaltava Rosane.

Outro ponto destacado pelos educadores nas abordagens aos deputados foram as moções de apoio aos educadores. Até o momento, 158 municípios aprovaram a moção em apoio a justa luta dos professores e funcionários de escola.

 

Notícias relacionadas