Caravana do CPERS desembarca em Alegrete


01/07/2015 MANUEL VIANA/ RS /BRASIL Caravana Estadual Na Luta Pela Educação Pública      Foto: Caco Argemi/CPERS
Foto: Caco Argemi/CPERS

Nesta quarta-feira, dia 1º, foi a vez do 19º Núcleo – Alegrete receber a Caravana do CPERS – na luta pela Educação Pública. Durante a manhã, os educadores realizaram uma vigília na Praça Getúlio Vargas com o objetivo de alertar e dialogar com a categoria sobre a postura do governo Sartori com os educadores: as frequentes ameaças de retirada de direitos e conquistas históricas, como o Plano de Carreira e a licença-prêmio. A iniciativa também serviu de alerta para a população compreender melhor o duro momento vivenciado por professores e funcionários de escolas.
As escolas do Núcleo que não paralisaram suas atividades receberam a visita dos representantes da Caravana do CPERS. Na ocasião, a presidente do CPERS, Helenir Aguiar Schürer, relatou os ataques do governo e os riscos que os educadores correm de terem rechaçados os seus direitos. “Essa é a posse mais longa de um governador. Tudo que o Sartori fez em seis meses de governo é dizer que o Estado está em crise, além de nos ameaçar, constantemente, através de ações como atrasos de salários e projetos de leis que afrontam os educadores. Essa situação vai ter que mudar, ou faremos a maior greve que o Rio Grande do Sul já viu”, concluiu.
“Quais profissionais ganham somente 48% dos seus salários? Somente nós, professores. Não queremos esmolas, governador Sartori, queremos somente os nossos direitos. É o dever do governo investir em educação e pagar o salário do funcionalismo público”, declarou a vice-presidente do CPERS, Solange Carvalho, referindo-se a dívida do Piso da categoria e aos atrasos de salários dos servidores públicos que estão acontecendo freqüentemente.
À tarde, a Caravana esteve no município de Manoel Viana, que faz parte do 19º Núcleo. Os professores e funcionários reuniram-se na escolas Manoel Viana e Salgado Filho. O encontro foi pautado pelo diálogo com a categoria para informar e conscientizar de que o momento é de unificar o Magistério, para juntos fortalecerem a luta em busca dos direitos e da valorização dos educadores.
Amanhã, dia 02, a Caravana chega ao 41º Núcleo – São Gabriel.

 

Notícias relacionadas