A força da escola pública: Lagoa Vermelha recebe mais uma etapa da 4ª Mostra Pedagógica do CPERS


Em mais uma demonstração da força da escola pública gaúcha, o 25º Núcleo (Lagoa Vermelha), recebeu nesta sexta-feira (4), mais uma etapa regional da 4ª Mostra Pedagógica do CPERS.

Durante a abertura do evento, o professor Mauro João Calliari, representante da direção central do CPERS, ressaltou a importância da mostra e o quanto esses espaços oportunizam apresentar para a comunidade aquilo que o governo não mostra.

“É muito bonito ver que, mesmo recebendo atrasado, sem reajuste, esses professores continuam investindo o seu tempo para se dedicar ao desenvolvimento de projetos dentro das escolas”, afirmou Mauro.

Para o diretor do 25º Núcleo do CPERS (Lagoa Vermelha), Juarez Lorenson, a mostra é de suma importância para que tenhamos uma visão diferenciada da escola pública. 

“Apesar das dificuldades, precisamos estar nas escolas estimulando este tipo de atividade para que nossos alunos tenham motivação para estar nas escolas. A comunidade precisa saber que a escola pública produz conhecimento e de muita qualidade”, disse Juarez. 

No decorrer desta etapa foram apresentados 11 trabalhos, produzidos por seis escolas da região. 

A EE Técnico Agrícola Desidério Finamor, de Lagoa Vermelha, apresentou quatro projetos: O primeiro tratou da “Coturnicultura”, o segundo falou sobre a “Análise de Preferências”, o terceiro apresentou a “Horta Suspensa” e por fim, o quarto projeto fez um “Resgate das Plantas Medicinais”.

Já o Colégio Estadual Sananduva, do município de Sananduva, apresentou o projeto “Comunidades do Interior do Município de Sananduva”. 

A professora do colégio Sananduva, Grazieli Borges Campagnaro, ressaltou a importância da mostra como forma de dar voz a trabalhos que poderiam ficar esquecidos nas escolas. 

“Desenvolver este trabalho foi uma oportunidade de mostrar o talento dos alunos e também envolvê-los no processo de ensino/aprendizagem. Acredito que eles têm um potencial muito grande e a minha perspectiva é torná-los alunos pesquisadores”, afirmou Grazieli.

A coordenadora do Departamento de Educação do CPERS, Rosane Zan, destacou a diversidade dos trabalhos apresentados nesta etapa da mostra. 

“A questão dos direitos humanos predominou nos projetos aqui em Lagoa Vermelha, principalmente a questão indígena. Esses projetos nos fazem perceber o papel da escola, porque assim como diz Paulo Freire, educar é uma aventura criadora. Esses educadores fazem o melhor dentro da escola, a gente sente a paixão, o senso de humanização que vem deles”, afirmou Rosane. 

Durante esta etapa também foram apresentados projetos de outras três escolas de Lagoa Vermelha: 

O Rio Grande na Escola da EEEF Trajano Machado

Fenômenos da Natureza da EEEM Francisco Argenta

Condutividade dos Materiais, Álcool Gel e Propriedade Coligativa: Osmose e suas aplicações da EEEM Presidente Kennedy

A EEE Básica Sylvio Dal Moro, de Cacique Doble, também apresentou o projeto “Eu Posso Fazer Mais”.

Projetos selecionados na etapa Lagoa Vermelha da 4° Mostra Pedagógica do CPERS:

  • Series iniciais do ensino fundamental 

– Comunidades do interior do município de Sananduva do Colégio Estadual Sananduva

  • Series finais do ensino fundamental

– O Rio Grande na Escola da Escola Estadual de Ensino Médio Trajano Machado

  • Ensino médio

– Eu posso fazer + da Escola Estadual de Educação Básica Sylvio Dal Moro

– Fenômenos da Natureza da Escola Estadual de Ensino Médio Francisco Argenta (POLIVALENTE)

– Álcool Gel da Escola Estadual de Ensino Médio Presidente Kenndy

  • Educação Profissional

– Resgate das plantas medicinais como alternativa para a melhoria da qualidade de vida das futuras gerações da Escola Estadual técnica Agrícola Desidério Finamor

– Horta suspensa da Escola Estadual técnica Agrícola Desidério Finamor

– Coturnicultura: com investimento baixo e retorno praticamente imediato é uma alternativa de fonte de renda para a agricultura familiar da Escola Estadual técnica Agrícola Desidério Finamor

Inscrições para a 4ª Mostra Pedagógica

Atenção educadores(as), ainda dá tempo de se inscrever para a 4ª Mostra Pedagógica do CPERS, que estão sendo realizadas nos 42 núcleos do Sindicato de setembro a novembro. As inscrições podem ser feitas com até cinco dias de antecedência do evento.

Os trabalhos selecionados nas etapas regionais participarão da Mostra Pedagógica Estadual que ocorrerá na capital em data a ser definida. As experiências selecionadas na estadual serão compiladas em uma publicação especial.

Inscreva-se e participe desta importante atividade que visa valorizar os professores(as), funcionários(as) e a educação pública estadual.

Notícias relacionadas