• Home  /
  • destaque   /
  • Moção de repúdio ao deputado Álvaro Boessio (PMDB)

Moção de repúdio ao deputado Álvaro Boessio (PMDB)

Em uma demonstração de total desrespeito com os servidores públicos estaduais, o líder do PMDB na Assembleia, deputado Álvaro Boessio, referiu-se ao funcionalismo público do Estado como “vadios”.
O deputado também criticou a licença-prêmio, classificando-a como privilégio, e os concursos públicos. Além disso, afirmou que não considera necessário reduzir os salários dos deputados para auxiliar no pagamento do funcionalismo público, hoje penalizado com a crise do Estado. Atualmente, o salário de um deputado é de R$ 16,5 mil líquido, enquanto os servidores receberam apenas R$ 600,00.
O CPERS/SINDICATO repudia veementemente a declaração do deputado. É inadmissível que, além de receberem a mísera parcela de R$ 600,00 de seus salários, os servidores gaúchos tenham que passar por mais esta humilhação.
O direito constitucional a receber o salário no final do mês já não está sendo respeitado pelo governo. Não vamos admitir mais essa afronta! Somos trabalhadores e como tal merecemos e exigimos respeito e dignidade!

Deixe seu comentário

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.