• Home  /
  • destaque   /
  • Luta e alegria marcam Encontro dos Aposentados em Palmeira das Missões

Luta e alegria marcam Encontro dos Aposentados em Palmeira das Missões

Confira a galeria de fotos:

40º Núcleo Encontro Regional dos Aposentados – 12/09/18 – Palmeira das Missões

Com a casa cheia, o salão de atos da Casa dos Filés, em Palmeira das Missões, sediou o Encontro Regional de Aposentados nesta quarta-feira (12). Além dos sindicalizados(as) que fizeram história no 40º núcleo do CPERS, também participaram aposentados(as) de Ijuí (31º Núcleo), Cruz Alta (11º) e Santo Ângelo (9º Núcleo).

A confraternização contou com a presença da Caravana do CPERS, que visita escolas da região ao longo do dia para dialogar com educadores e denunciar o desmonte do Estado.

“Temos aqui grandes lutadoras e lutadores. Apesar do momento difícil para a educação, este é um encontro balizado na alegria”, afirmou Alda Maria Bastos Souza, diretora responsável pelo Departamento de Cultura do CPERS.

A etapa regional do Desafio da Dança consagrou o grupo As Frenéticas, de Cruz Alta, que interpretou a canção O Bêbado e o Equilibrista, classificado-se para a etapa final do concurso no Encontro Estadual dos Aposentados. O evento também foi marcado por apresentações culturais, informes jurídicos com o advogado Marcelo Fagundes e uma palestra sobre qualidade de vida na 3ª idade, com o Dr. Geolar Avila.

O diretor geral do 40º Núcleo, Joel da Silva Oliveira, enalteceu o público presente. “Vocês não fazem parte só da nossa história, pois estão sempre na luta. São guerreiros que tem seu valor poucas vezes reconhecido pelo governo, mas nós sabemos e celebramos a presença de cada um”.

A secretária-geral, Candida Beatriz Rossetto, falou sobre a conjuntura política e os ataques à categoria, que enfrenta o 33º mês com salários atrasados e parcelados. Também destacou a importância de manter o foco na luta e a solidariedade com os colegas na ativa. “Vivemos um período em que o individualismo e a cultura do ódio andam a galope. O amor é um ato revolucionário. Defendermos a solidariedade e a inclusão é nossa tarefa histórica”, disse.

Ao término do evento, os(as) aposentados(as) dirigiram-se ao Largo Alfredo Westphalen, no centro da cidade, para um ato público em conjunto com os integrantes da Caravana em Defesa da Escola Pública. “Já percorremos mais de 13 mil quilômetros, e só vamos parar quando conversarmos com a comunidade de todo o Rio Grande do Sul. A educação merece respeito e, com o apoio da sociedade, vamos acabar com o projeto que quer acabar com a escola pública”, frisou a 1ª vice-presidente do CPERS, Solange Carvalho.


Deixe seu comentário