Governo anuncia parcelamento e congelamento de salários



O secretário da Fazenda, Giovani Feltes, anunciou, na tarde de hoje, o atraso no pagamento dos salários do funcionalismo público. Os educadores com salários a partir de R$ 5.100,00, que possuem matrícula de 40 horas e aqueles que estão no final da carreira devem ser atingidos pelo parcelamento de salário. Segundo Feltes, a primeira parcela do pagamento de maio ocorrerá no final deste mês e a outra no dia 11 de junho. Pela manhã, o governador José Ivo Sartori entregou à Assembleia Legislativa o projeto de Lei que define as diretrizes da Lei Orçamentária de 2016. O projeto prevê o congelamento de reajustes salariais para o funcionalismo público. O CPERS considera essas decisões como um desrespeito aos educadores gaúchos.
Não admitiremos nenhum direito a menos para a nossa categoria. Nós já ganhamos 52% a menos do que temos direito. E agora anunciam o parcelamento dos salários. A partir desse anúncio absurdo do governo nossas mobilizações ganham mais força. Vamos fazer ecoar as sinetas do CPERS em todo o Estado”, destaca a vice-presidente do CPERS, Solange Carvalho.
Desde março, o governo acena com ameaças de parcelamento ou atraso dos salários. Diante das inúmeras ameaças quanto a garantia do pagamento dos salários em dia, a assessoria jurídica do CPERS entrou, no dia 12 de março, com mandado de segurança para impedir que o governo do Estado parcelasse ou atrasasse o pagamento dos educadores. A liminar foi julgada indeferida, mas ainda falta o julgamento do mérito o que abre a possibilidade de vitória no julgamento.
O Sindicato já está organizando a Caravana em Defesa dos Direitos do Educadores, que irá percorrer as escolas de todo o Estado denunciando o descaso do governo com os professores, bem como preparar a categoria para uma provável greve. “Não faremos greve de vanguarda. Vamos construir nossa mobilização ouvindo a base da categoria e se ela assim decidir, faremos uma das greves mais fortes que o Piratini já vivenciou”, alerta Solange.

Notícias relacionadas