Não vamos recuar! O direito de Greve é assegurado pela Constituição


É a força da nossa Greve que está desestabilizando o governo Sartori (PMDB). Por isso, ele está fazendo ameaças de cortar o ponto e demitir os contratados. Esta perseguição política e tortura psicológica mostram que Sartori não tem argumentos para convencer a categoria e a sociedade de que seu governo é benéfico para a população e a educação pública.
Vamos continuar firmes, fortalecer ainda mais a nossa Greve, tornar ainda mais forte o apoio dos pais e alunos. Estamos juntos com a comunidade escolar defendendo a educação pública, enquanto Sartori quer destruí-la.
É por isso, que colocou como secretário de educação um empresário ligado a agenda 2020, o qual quer tornar a educação uma mercadoria e não mais um direito de cada ser humano.

VAMOS CONTINUAR DEFENDENDO A EDUCAÇÃO PÚBLICA, NOSSA DIGNIDADE PROFISSIONAL E DERROTAR O PACOTE DE MALDADES DE SARTORI!

 

 

 

 

Notícias relacionadas