A folha de maio foi rodada com seis faixas e deverá ser quitada apenas no dia 13 de junho


De acordo com informações da imprensa, o governo Sartori (PMDB) deve voltar a parcelar os salários dos educadores e demais funcionários públicos neste mês. Os servidores estaduais devem receber até R$ 3 mil na próxima terça-feira, dia 31 de maio. A folha de maio foi rodada com seis faixas e deverá ser quitada apenas no dia 13 de junho (conforme tabela abaixo). O CPERS aguarda a posição oficial do governo.
Diante deste cenário de desrespeito que se repete todos os meses, o CPERS reforça a importância de todos os professores e funcionários de escola participarem da plenária que será realizada segunda-feira, dia 30, em frente ao Palácio Piratini. É fundamental também que todos continuem a fortalecer a greve da categoria para pressionar o governo a apresentar propostas a pauta de reivindicações da categoria. “Não podemos mais admitir esse desrespeito que se repete mês após mês. Pagar nossos salários em dia e na sua integralidade é o mínimo que esse governo tem a obrigação de fazer. Os educadores merecem respeito e os seus direitos garantidos. Dessa forma, o governo está fazendo com que a nossa greve se fortaleça cada vez mais”, afirma a presidente do CPERS, Helenir Aguiar Schürer.

Confira como pode ser dividida a folha de pagamento de maio:
Faixa 1: R$ 3 mil
Faixa 2: R$ 500
Faixa 3: R$ 750
Faixa 4: R$ 1,1 mil
Faixa 5: R$ 5 mil
Faixa 6: Saldo

 

Notícias relacionadas