CPERS convoca educadores para o Dia de Paralisação contra a Retirada de Direitos dos Trabalhadores


O CPERS convoca a todos os educadores e educadoras a paralisarem suas atividades e a participarem do Dia de Paralisação Contra os Ataques aos Direitos dos Trabalhadores, nesta sexta-feira, dia 25. Em Porto Alegre, será realizado um Ato Público Unificado entre servidores e estudantes, às 18h, na Esquina Democrática. No interior do Estado, a orientação do CPERS é a de que os Núcleos organizem atos em frente às Coordenadorias Regionais de Educação – CREs. O Dia Nacional de Lutas está sendo convocado pelas centrais sindicais.
A mobilização é mais um passo em direção à Greve Geral que está sendo preparada no país e contra os pacotes de maldades dos governos Sartori e Temer, ambos do PMDB. A insatisfação com o governo e o Congresso Nacional é crescente entre os trabalhadores, os estudantes e a população. Trabalhadores de diversas categorias já estão se preparando para as mobilizações.
O governo e o Congresso Nacional já estão prontos para arrancar direitos históricos dos trabalhadores e aposentados. “Para freiar esses ataques, é fundamental preparar o terreno e construir a Greve Geral. Este vai ser o papel das mobilizações do dia 25. Por isso, convocamos a toda a nossa categoria a engrossar as fileiras dessa luta”, destaca a presidente do CPERS, Helenir Aguiar Schürer.

-Contra a PEC 55 (antiga PEC 241 na Câmara);

-Em defesa da educação e da saúde pública;

-Contra a Reforma do Ensino Médio;

-Contra a Reforma da Previdência;

-Em defesa dos direitos dos trabalhadores e contra a Reforma Trabalhista;

-Em defesa do emprego e pela redução da jornada de trabalho sem redução salarial.

Notícias relacionadas