CPERS acompanha votação do reajuste do Salário Mínimo Regional


IMG_6862
Na tarde desta terça-feira, dia 1º de março, a vice-presidente do CPERS, Solange Carvalho, juntamente com a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – CTB, a Central Única de Trabalhadores do Estado do Rio Grande do Sul – CUT/RS e demais entidades sindicais acompanharam a votação do PL 15/2016, que prevê o reajuste de 11,68% no salário mínimo regional.
Devido a emenda do deputado, Alexandre Postal, aprovada por 26 a 25 com voto minerva da presidente da Assembleia Legislativa, Silvana Covatti, o reajuste no salário mínimo regional será de 9,6% e não 11,68%.
O PL 15/2016, foi aprovado com 38 votos favorável a 3 contrários com reajuste de 9,6%, essa é a primeira vez que a reposição do mínimo regional foi abaixo da inflação. Mais uma vez fica clara a má gestão do governo Sartori e sua cúpula, colocando a culpa da crise nas costas dos trabalhadores gaúchos.
O novo salário mínimo regional entra em vigor a partir da data de publicação da lei, com efeitos retroativos a 1º de fevereiro de 2016.

Notícias relacionadas