#CaravanaDaVerdade denuncia a precariedade das escolas estaduais


A #CaravanaDaVerdade vem constatando o que, infelizmente, já era esperado: Eduardo Leite (PSDB) segue fechando os olhos para a precariedade de inúmeras escolas públicas estaduais.

Ao retornar ao Colégio Estadual São Luiz Gonzaga, a maior escola pública de Veranópolis, dirigentes do sindicato constataram que a situação segue exatamente a mesma: três andares continuam bloqueados. Em 2019, uma das vigas do prédio cedeu e os bombeiros interditaram o local.

Já são quatro anos de espera e com espaços importantes fechados. Além de salas de aula, a biblioteca, o laboratório de informática e as salas temáticas seguem sem acesso.

“A nossa biblioteca é bem completa e as salas com projetor são ótimas. São locais que fazem falta. Também nos preocupa o estado em que ficarão os computadores”, lamenta a professora e integrante da direção do 12º núcleo do CPERS (Bento Gonçalves), Katiuska Izaguirry Marçal.

Segundo a educadora, desde o início do problema, a Seduc afirma fazer licitações para realizar a obra, mas garante que não há adesão de empresas. “Hoje abriram nova licitação. Vamos esperar, mais uma vez.”

“A estrutura segue ali, apenas com apoio de madeiras. Passados mais de três anos, o governo ainda não providenciou a reforma necessária. A incompetência de Eduardo Leite é visível”, ressalta o diretor Leonardo Echevarria, que esteve nesta e demais escolas da região acompanhado das diretoras Sandra Severo Régio e Vera Lessês e das representantes do núcleo, Tânia Ferronato e Lúcia Marobin.

A Caravana também retornou ao IE Juvenal Miller, em Rio Grande, e confirmou a persistência do transtorno. A escola segue com graves problemas no telhado, que geraram infiltrações nas paredes e forro, comprometendo a estrutura do prédio. Um corredor inteiro e mais três salas de aula seguem interditadas. Parte do teto praticamente caiu em cima de um estudante.

A presidente do sindicato, Helenir Aguiar Schürer, viu de perto que o cenário segue o mesmo. “Em nossa caravana realizada em novembro do ano passado já apresentamos, em nosso dossiê, a deterioração desta e de outras escolas. O governo propagandeou que distribuiria verbas para a recuperação das escolas e hoje constatamos mais uma mentira de Eduardo Leite, pois as escolas seguem pedindo socorro.”

“Também não podemos esquecer que as escolas do campo, de 27 cidades, ainda estão sem transporte escolar. Onde está o discurso do governo de que toda criança deveria estar na escola?”, questionou Helenir.

As diretoras Carla Cassais, Sonia Solange Viana e Suzana Lauermann acompanharam a presidente na visita às escolas da região, juntamente com os representantes do núcleo Sônia Tissot, Isabel Veleda, Gilda Amaral, Sandra Cunha, Arlete da Rosa, Elida Schoreder, Rita Gonçalves, Andrea Rosa, Sirlei Nunes, Maria do Carmo Schwab, Alberto Campos, Denise Teixeira, Julce Montiel, Cledir Lopes (diretor de Núcleo) e Doris Nogueira pela CNTE

Reajuste não linear e aquém das necessidades dos educadores

 Além do abandono das escolas, a Caravana denuncia que o governo Leite propaga inverdades. Na grande mídia, o discurso é o de que todos educadores(as) receberam 32% de reajuste. Mas a verdade é que apenas 14% da categoria recebeu o percentual, e funcionários(as) e aposentados(as) sem paridade foram excluídos.

“Nas escolas, dialogando com os colegas, percebemos que a indignação é grande porque, na verdade, a ampla maioria não conseguiu perceber nenhuma melhora no salário”, pontua a diretora Vera Lessês, que juntamente com os(as) diretores(as) Leonardo Echevarria e Sandra Severo Régio, estiveram em escolas da região de Bento Gonçalves (12º núcleo).

“Hoje, a grande maioria dos trabalhadores em educação do Estado, está com o poder de compra reduzido para mais da metade, devido a perdas inflacionárias. Não estamos exigindo aumento e sim cobrando a recomposição salarial referente a estes oito últimos anos de muito sofrimento e desvalorização”, destacou o 2º vice-presidente do CPERS, Edson Garcia que, junto com a diretora Juçara Borges e o diretor do 12° núcleo, Leonildo da Luz de Moura, visitou escolas da região de Bento Gonçalves.

Outro ponto de destaque nas conversas com a base da categoria é a necessária luta para a revogação do novo ensino médio. “Nossos estudantes não estarão preparados sequer para passar no Enem. A reforma do ensino médio aprofunda a desigualdade entres os alunos das escolas públicas e privadas. Temos que fortalecer a pressão para que seja revogada”, expôs a diretora Rosane Zan.

Ela esteve em escolas da região do 30º núcleo (Vacaria), acompanhada dos diretores da direção central, Cássio Ritter e Glaci Weber, da diretora do núcleo, Joara Dutra e dos educadores aposentados Helena Maria Caon, Neide Dutra, Nelita da Costa e Osmar Mussatto. Á tarde, na sede do núcleo, ocorreu reunião com educadores(as) da ativa e aposentados(as).

Nesta sexta-feira (18), a #CaravanaDaVerdade estará nos núcleos de Caxias do Sul (1º) e Pelotas (24º).

Escolas visitadas:

Rio Grande (6º núcleo)

  • CE Lemos Junior
  • EEEF Ernesto Pedroso
  • EEEM Brigadeiro José da Silva Paes
  • EEEM Dr. Augusto Duprat
  • EEEB Manuel Vicente do Amaral (Santa Vitória do Palmar)
  • EEEF Professor Abílio Azambuja (Santa Vitória do Palmar)
  • EEEF Wandelina Nunes (Santa Vitória do Palmar)
  • CE Santa Vitória do Palmar (Santa Vitória do Palmar)
  • EEEM Marechal Soares de Andrea (Chuí)
  • ETE Getúlio Vargas
  • EEEF Marques de Souza
  • IEE São José
  • EEEM Roberto Bastos Telechea
  • EEEF Adelaide Alvim
  • IE Juvenal Miller
  • EEEM Alfredo Ferreira Rodrigues
  • EEEM Lilia Neves
  • EEEF Marques de Souza (São José do Norte)
  • IEE São Jose do Norte (São José do Norte)

Vacaria (30° núcleo)

  • ETE Bernadina Rodrigues Padilha
  • EEEM José Fernandes de Oliveira
  • EEEM Padre Efrem
  • EEEM Padre Pacífico

Bento Gonçalves (12º núcleo)

  • EEEM Elisa Tramontina (Carlos Barbosa)
  • EEEM Mestre Santa Bárbara (Bento Gonçalves)
  • EE Onze de Agosto (Nova Prata)
  • CE São Luiz Gonzaga (Veranópolis)
  • EEEF General Bento Gonçalves da Silva (Bento Gonçalves)
  • EEEM Imaculada Conceição (Bento Gonçalves)
  • EEEM São Roque (Carlos Barbosa)
  • EEEF Carlos Barbosa (Carlos Barbosa)
  • CE Pe. Colbachini (Nova Bassano)
  • EEEF Andre Carbonera (Nova Prata)
  • IEE Tiradentes (Nova Prata)
  • CE São Luiz Gonzaga (Veranópolis)




Notícias relacionadas