Santa Cruz sedia Encontro Regional dos Funcionários de Escola


Nesta quinta-feira(27), educadores(as) de Santa Cruz do Sul, Soledade, Estrela e Montenegro participaram do Encontro de Funcionários(as) de Escola promovido pelo CPERS.

O evento, realizado na Sociedade Ginástica de santa Cruz abordou assuntos de interesse desta significativa e importante parcela da categoria.

Fortalecer a identidade dos(as) funcionários(as) como educadores(as) de fato, destacar a importância da profissionalização, relembrar a trajetória de lutas e conquistas e levar informações quanto aos direitos destes educadores são o foco dos Encontros.

Após degustarem o café da manhã, os(as) funcionários(as) receberam as boas vindas da diretora do 18º Núcleo – Santa Cruz do Sul, Cira Maria Gassen Kaufmann, que destacou a importância do Encontro para fortalecer a luta do(as) educadores(as).

Logo após, houve a apresentação do grupo de dança alemã  Sterntanz, da escola municipal de ensino fundamental José Bonifácio, localizada no município de Vera Cruz.

Na sequência, a presidente do CPERS, Helenir Aguiar Schürer e o diretor do SINPRO e coordenador da Feteesul, Flavio Henn, fizeram a análise da conjuntura política atual.

Helenir também falou da importância dos educadores(as) se interessar pela política, de acompanhar os projetos de cada partido. “Quando votamos em um candidato, não votamos na pessoa, mas sim no partido que o candidato representa. Cada partido tem o seu projeto. Por isso é tão importante acompanharmos tudo que acontece na política, para votarmos certo, em quem defende a educação e os direitos dos trabalhadores”, concluiu.

A diretora do Departamento dos(as) Funcionários(as) de Escola, Sônia Solange Viana, apresentou e explicou questões importantes referentes aos avanços nos direitos, os desafios da formação e a valorização profissional. “Nenhuma escola funciona sem os funcionários. Cada um de vocês exerce um papel fundamental na rotina do ambiente escolar. Conhecem como ninguém cada um dos alunos e suas famílias. Vocês merecem todo o reconhecimento como educadores que, de fato, são”, afirmou.

Dando início as atividades da tarde, o advogado Marcelo Fagundes, da assessoria jurídica do CPERS, representada pelo escritório Buchabqui e Pinheiro Machado, expôs as principais consequências da Reforma da Previdência proposta pelo governo Bolsonaro.

A diretora do Departamento da Saúde do Trabalhador do CPERS, Vera Lêsses, apresentou informações importantes sobre IPE- Saúde.

Durante o evento educadoras associaram-se ao CPERS, unindo forças para lutar por uma educação pública de qualidade e pela valorização dos professores(as) e funcionários(as) de escola.

Os funcionários(as) saíram satisfeitos com o encontro, sentindo-se valorizados e dispostos à lutar contra os ataques dos governos de Eduardo Leite e Bolsonaro.

     

Notícias relacionadas