Presidente do CPERS é condecorada com a Medalha da 55ª Legislatura da Assembleia


A presidente do CPERS, Helenir Aguiar Schürer, recebeu na tarde desta terça-feira (10), a Medalha da 55ª Legislatura da Assembleia, no Salão Júlio de Castilhos da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul.

A deferência foi proposta pelo deputado Zé Nunes (PT), como homenagem à história de vida da presidente, mas também como consideração a luta dos educadores(as) em defesa da escola pública e da educação de milhões de gaúchos.

“A Helenir é a representação de grande parte desta categoria. Ela poderia estar em casa neste momento, desfrutando dos seus filhos e dos seus netos, mas ela escolhe continuar na luta, ela escolhe estar nas ruas, ela escolhe enfrentar a agressividade de parte da polícia, ela escolhe liderar num dos momentos mais sombrios para a educação aqui no Rio Grande do Sul”, enfatizou o deputado.

Emocionada em sua fala de agradecimento, Helenir dedicou a homenagem a cada um e cada uma dos que chamou de seus colegas de luta.

“Esta não é uma medalha para a Helenir, esse é um reconhecimento da luta de toda a nossa categoria. Daqueles e daquelas que lutam pela educação pública, daqueles que lutam para barrar projetos que resultarão na privatização da escola pública. Eu fico emocionada, após a belíssima caminhada que fizemos pela manhã e agora receber esse reconhecimento à luta, à resistência, à coragem dos educadores desse estado”, enunciou Helenir.

Zé Nunes reforçou também que os educadores(as) gaúchos são exemplo de luta e de resistência e declarou total apoio a categoria. “Esse é um projeto com a consolidação do atraso. Ele termina com a possibilidade de que jovens possam contribuir para que o Rio Grande do Sul se desenvolva”, disse.

Com a casa lotada por representantes da direção central do CPERS, por educadores que foram levar carinho a presidente, representantes parlamentares e da Frente dos Servidores Públicos, Helenir confessou: “Esta medalha nos incentiva a continuar a luta com cada vez mais força, porque seremos sempre uma pedra no sapato de qualquer governo que mexer com a educação pública e os educadores gaúchos”.

A Medalha da Legislatura tem limite de uma honraria por semestre, de forma não cumulativa. A escolha dos agraciados é de responsabilidade dos deputados.

Notícias relacionadas