Dia Nacional de Combate à Discriminação Racial


Hoje, em todo o Brasil celebra-se o Dia Nacional de Combate à Discriminação Racial. A data faz referência à aprovação da Lei nº 1.390, em 1951, mais conhecida como Lei Afonso Arinos. O documento histórico explica que qualquer prática de ofensa por raça e cor sofrerá sanções penais. Esta foi a primeira regulamentação brasileira frente ao preconceito racial.

O CPERS repudia qualquer tipo de discriminação baseada na raça, cor, ascendência ou origem étnica. O Sindicato acredita que a sala de aula é uma importante ferramenta para o combate a todo tipo de preconceito. Através da Educação podemos construir um mundo melhor, mais digno e justo para todos.

Em 2015 foi criado o Coletivo de Igualdade Social, através do Departamento de Igualdade Racial, sob a coordenação do segundo vice-presidente do CPERS, Edson Garcia. O Coletivo visa promover ações contra a discriminação racial em todo o Estado.

“O combate ao racismo precisa ser uma luta diária e deve ser de todos. Através do nosso Coletivo buscamos ampliar e fortalecer a luta contra todas as formas de violência e discriminação racial, por uma sociedade mais justa e igualitária, com oportunidades e direitos para todos”, destaca Edson.

 

Notícias relacionadas